Ourivesaria assaltada por grupo de encapuzados em Ponte de Lima

Foto: O MINHO

A Ourivesaria Magalhães, junto à Igreja Matriz, no centro histórico de Ponte de Lima, foi assaltada esta manhã, cerca das 11:30/11:45 horas, com recurso a arma de fogo.

De acordo com uma fonte, o grupo de assaltantes teria, pelo menos, três indivíduos, encapuzados, que se puseram em fuga pela Ponte Velha, num carro da marca BMW, modelo 535, de cor escura.

A Polícia Judiciária(PJ) de Braga está a investigar o assalto.

Contactado pela agência Lusa, o segundo comandante da PSP de Viana do Castelo, Raul Curva, explicou que “o posto local efetuou os primeiros procedimentos, sendo que a investigação transitou para a alçada da diretoria de Braga da PJ por ter envolvido armas de fogo”, disse.

“O proprietário viu os assaltantes com as armas a entrarem no estabelecimento comercial refugiou-se. Não houve contacto entre eles. O grupo partiu as montras e furtou artigos”, referiu Raul Curva, confirmando que o “grupo” se “colocou em fuga num carro”.

O responsável não confirmou o número de assaltantes e acrescentou ser ainda desconhecido o valor e a quantidade de ouro roubado.

Na quarta-feira, uma outra ourivesaria, em pleno centro histórico de Viana do Castelo, foi também assaltada, com recurso a marretas, tendo sido furtados, segundo os proprietários, “alguns quilos de ouro tradicional”, num prejuízo estimado em “milhares de euros”.

 

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Caso de lixo acumulado e ratazanas em Amares encaminhado à Inspeção Geral do Ambiente

Próximo Artigo

Rádio Comercial celebra aniversário em Braga

Artigos Relacionados
x