Seguir o O MINHO

Futebol

“Os piores 45 minutos do campeonato”

Vitória perdeu em Tondela

em

Foto: DR / Arquivo

Declarações após o jogo Tondela-Vitória SC (1-0), da 21.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado este sábado em Tondela:

Luís Castro (treinador do Vitória): “Foi o pior período da época, a segunda parte, os nossos piores 45 minutos ao longo da época foram estes.

A equipa vinha muito determinada em conquistar a vitória, mas entrou muito mal no jogo e fez um início de jogo mau durante 15 minutos. A partir daí, conseguiu voltar ao jogo de forma forte, teve o controlo do jogo.

Fomos para uma segunda parte em que tudo foi feito ao contrário daquilo que tínhamos pensado, ainda mudámos ao 4-4-2, mas, quando entrámos num 4-4-2, esse período foi o melhor do Tondela.

A equipa sempre partida e o Tondela sempre a criar situação em cima de situação de ataque rápido, a equipa desequilibrou-se com o 4-4-2. O Tondela, com um jogo muito direto, conseguiu tirar-nos do jogo e da pressão.

Foram, realmente, os nossos piores 45 minutos do campeonato.

Muitas vezes procuramos dizer que não conseguimos as coisas porque não fomos eficazes, mas o Tondela também teve mérito nisso, foi uma equipa que assentou sempre o jogo em transações muito rápidas e isso criou-nos sempre muitos problemas.

Os nossos objetivos estão tão perto como já estiveram noutras alturas e, se calhar, até mais perto do que noutras alturas, já estivemos muito distantes do quinto lugar no início da época e conseguimos aproximarmo-nos. Até já estivemos lá instalados e vamos continuar com determinação e com vontade de conseguir.”

Pepa (treinador do Tondela): “Não me surpreendem as palavras de Luís Castro, posso é reforçar mais coisas, independentemente do mérito do Vitória, eu coloco aqui muito mérito na equipa do Tondela, melhorámos.

A chave do jogo, sinceramente, foi o posicionamento e o comportamento dos nossos alas, num processo defensivo, estávamos com os alas muito subidos e a ficar com inferioridade numérica nos corredores na primeira parte.

Melhorámos por completo na segunda parte, foi corrigido, interpretaram bem aquilo que tinha de ser feito, a pressão foi completamente diferente, arrisco-me a dizer até que não houve nenhuma oportunidade do Vitória [de Guimarães] na segunda parte, por muito mérito do nosso posicionamento e comportamento defensivo.

Estivemos bem, estivemos agressivos, procuramos jogo exterior, procuramos ser muito objetivos, tivemos várias oportunidades de jogo, foi uma boa vitória, para não dizer uma grande vitória e preparar já o próximo, porque isto é uma maratona terrível.

Todas as vitórias são importantes e fundamentais, mas não olhamos para o calendário e não colocamos uma cruz ou um visto, do estilo ali vai ser difícil pontuar ou quase impossível e aqui está garantido. Nós não fazemos isso.”

Anúncio

Futebol

Cristiano Ronaldo e Bernardo Silva nomeados para a Bola de Ouro

Estreia do ex-benfiquista

em

Foto: FPF / Divulgação

Os avançados portugueses Cristiano Ronaldo, vencedor da Bola de Ouro em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017, e Bernardo Silva integram a lista de nomeados para o troféu que distingue o melhor futebolista mundial do ano.

O defesa holandês Virgil van Dijk, designado melhor jogador da época 2018/19 pela UEFA, também está entre os 20 candidatos já anunciados, de um total de 30, ao troféu atribuído pela revista francesa France Football.

Enquanto Cristiano Ronaldo, campeão italiano pela Juventus, foi nomeado pela 16.ª vez, Bernardo Silva, que conquistou o título inglês ao serviço dos Manchester City, estreia-se entre o lote de candidatos ao prémio de melhor futebolista mundial.

O vencedor do prémio será anunciado em 02 de dezembro.

Continuar a ler

Futebol

UEFA pune Sérvia com jogo à porta fechada por racismo no jogo com Portugal

Disciplina

em

Foto: DR / Arquivo

A UEFA puniu hoje a Sérvia a jogar o próximo jogo da fase de qualificação para o Euro2020 de futebol à porta fechada, por manifestações racistas na partida com Portugal, disputado em Belgrado, que terminou com a vitória lusa por 4-2.

Além do castigo de um jogo à porta fechada, que será cumprido na receção ao Luxemburgo a 14 de novembro, a Federação sérvia terá de pagar uma multa de 33.250 euros.

A seleção sérvia ficará ainda sujeita a um período de ‘liberdade condicional’ de um ano, a iniciar-se três dias antes de receber a Ucrânia, que já assegurou o apuramento, no último jogo do grupo B da fase de qualificação.

Esta sanção da UEFA à Servia é conhecida numa altura em que aquele organismo avalia ainda o caso dos insultos racistas de uma falange de adeptos búlgaros no jogo frente à Inglaterra, que motivou uma interrupção da partida por parte do árbitro, a qual só recomeçou depois de esse grupo de adeptos ter abandonado o estádio.

Continuar a ler

Futebol

SC Braga com camisolas da Liga Contra o Cancro no jogo frente ao Besiktas

“Outubro Rosa, mês internacional do Cancro da Mama”

em

Foto: Divulgação

O Sporting Clube (SC) de Braga vai mudar temporariamente de patrocinador na quinta-feira, publicitando diante do Besiktas, em jogo da Liga Europa de futebol, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), revelou hoje o clube minhoto.

A Turquia impede a publicidade a casas de apostas e, sendo patrocinado por uma (Betano), o Braga aproveitou a oportunidade para mostrar o apoio à LPCC, no âmbito da campanha “Outubro Rosa, mês internacional do Cancro da Mama”, que tem como principal objetivo consciencializar para a prevenção e apelar à realização de rastreios regulares.

“Pela expressão social que temos, pelo mediatismo que o Sporting de Braga merece e pela importância que tem junto das pessoas, entendemos que não podemos desperdiçar a nossa voz e que é nossa obrigação fazer com que ela se ouça para que a nossa comunidade seja cada vez mais justa, mais digna e mais consciente das causas que enfrenta. O Sporting de Braga Solidário só existe porque as pessoas, e os nossos sócios e adeptos em particular, têm abraçado as nossas iniciativas”, diz o presidente dos minhotos, António Salvador numa nota no sítio oficial dos minhotos.

O presidente da LPCC, Vítor Rodrigues, considera que “a força e o mediatismo do clube bracarense acrescentam muito a esta campanha e dão-lhe um alcance e uma força insubstituível”.

“O gesto é tão mais importante quanto estamos a falar de uma doença que todos os anos atinge seis mil pessoas em Portugal e que, a nível mundial, atinge uma mulher a cada 15 segundos, segundo a Agência Internacional para a Pesquisa sobre o Cancro”, disse, citado pelo sítio ‘arsenalista’.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o cancro da mama é o mais comum nas mulheres em todo o mundo e está a aumentar, sobretudo nos países desenvolvidos onde a maioria dos casos são diagnosticados já em estado avançado.

Sporting de Braga e Besiktas defrontam-se às 17:55 de quinta-feira, em Istambul, Turquia, na terceira jornada do grupo K da Liga Europa, que os bracarenses lideram, com quatro pontos.

Continuar a ler

Populares