Seguir o O MINHO

Braga

Orçamento Participativo de Braga dá mais de 630 mil euros a 13 projetos de interesse municipal

em

Foto: DR

A Câmara de Braga aprovou, esta segunda-feira, a atribuição de subsídios no valor de 632.525 euros a 13 instituições concelhias, que apresentaram projetos ao Orçamento Participativo. “A atribuição destes apoios visa promover o desenvolvimento de projetos e atividades concretas em áreas de inegável interesse municipal”.

A iniciativa “Conta-me como foi”, – da Fábrica da Igreja Paroquial de São Tiago de Priscos conta com 85 mil euros; o mesmo montante recebem, o “+ Saúde + Idade”, do Centro Social da Paróquia de Ferreiros, o “Salão de apoio às atividades da Freguesia”, da junta de Freguesia de Guisande e Oliveira São Pedro; e o – “Espaço comunitário e de culto a S. Martinho”, da Fábrica da igreja paroquial de S. Martinho de Fradelos.

50 mil euros serão entregues ao projeto de “Reactivação do grupo de teatro e remodelação de espaço” da Freguesia de Padim da Graça. Já para o “Arte porTadim” – vai um apoio financeiro de 85 mil euros, através da Fábrica da Igreja Paroquial de São Bartolomeu de Tadim. De seguida, o Fi-bra — Filarmonia Juvenil de Braga”, da Associação Casa do Professor, recebe 80 mil euros, enquanto que o “Educação Inclusiva — Equipamento de Apoio Especializado”, do Agrupamento de Escolas Alberto Sampaio, tem direito a 12.200 euros.

A ideia de “Colocação de pórticos desportivos para combater a passividade” – tem um apoio financeiro, ao Agrupamento de Escolas André Soares, de 20 mil euros; já a de “Remodelação do espaço desportivo da EBi de Padim da Graça”- do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado, tem a comparticipação de 19.265 euros.

Os três últimos apoios vão para o “Auditório 2018—EB 2,3 de Celeirós” – do Agrupamento de Escolas de Celeirós, (20 mil euros), para “Uma sala de teatro para a ESCA” – do Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, no valor de 5.700 euros. E, por fim, para a “Requalificação do anfiteatro situado no exterior do edifício do Conservatório Calouste Gulbenkian” – um apoio financeiro ao Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga, de 20 mil euros.

Populares