Seguir o O MINHO

Famalicão

Oprah Winfrey apaixonada por chocolates de Famalicão

Conhecida apresentadora tornou-se cliente regular da Fábrica de Chocolates Casa Grande

em

Foto: DR

Oprah Winfrey, conhecida figura televisiva responsável pelos talk show mais vistos no mundo, não só é fã de uma marca de chocolates com fabrico em Famalicão, como é uma cliente regular, revelou esta sexta-feira João Pinho, bussiness director da empresa.

Em declarações ao jornal digital ECO, o responsável de negócios da Fábrica de Chocolates Casa Grande, adiantou que a figura pública norte-americana é cliente habitual das marcas premium de chocolate, não estando alheio o compromisso de responsabilidade da marca para com os direitos humanos, sobretudo o das crianças, e o compromisso ambiental, contra a extração de óleo de árvores de palma para fabrico de chocolate.

Como recentemente noticiou O MINHO, a marca começou em julho a exportar para os EUA, que depois da Alemanha se tornou o segundo mercado internacional da empresa, e pretende faturar 500 mil euros nestes dois países em 2020.

As tabletes, bombons, ‘brindille’, trufas, paletes de chocolate, ‘chocofruits’ e outros produtos da marca “Casa Grande” estão à venda na cadeia de mercearias gourmet “Central Market”, considerada “uma das melhores mercearias” dos EUA pela revista Food & Wine.

Assinou recentemente um acordo de distribuição com os supermercados da Whole Foods, do grupo Amazon, para vendas em Nova Iorque, Boston e Texas. “Neste momento estamos em negociações para alargar para a Califórnia”, disse o responsável ao mesmo jornal.

João Pinho adiantou ainda que a marca famalicense acabou de assinar contrato com a Hussel, que domina a distribuição de chocolate gourmet em Portugal, com 24 lojas espalhadas em locais estratégicos do país. Será, também, vendido nas lojas daquele grupo em Espanha. Futuramente, os chocolates famalicenses poderão ser vendidos nas lojas da marca na Alemanha e na Áustria.

A Fábrica de Chocolates Casa Grande produz à volta de três toneladas de chocolate por dia, contando atualmente com 34 colaboradores na empresa, sediada na vila de Ribeirão. A marca vende em locais premium, como aeroportos, shoppings e mercados exclusivos de produtos gourmet.

A marca prevê faturar este ano cerca de 1,2 milhões de euros.

Anúncio

Famalicão

Atiram pedras de viaduto na A3, partem vidro e deixam mulher ferida

Em Cruz

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Uma mulher, cuja idade não foi possível apurar, sofreu ferimentos na sequência de um apedrejamento em plena Autoestrada n.º 3, em Famalicão, disse a O MINHO fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Bombeiros de Famalicão foram acionados para o local, junto à saída de Cruz, naquele concelho, cerca das 03:00 da madrugada deste sábado, para socorrer a vítima, que acabou transportada para o Hospital de Braga com ferimentos considerados “ligeiros”.

Naquele local, perto da saída de Cruz, os apedrejamentos “são regulares”, tendo já provocado danos em viaturas noutras ocasiões.

Não houve qualquer despiste da viatura. Os ferimentos terão sido provocados pela quebra de vidros e pela pedra lançada por terceiros, ainda não identificados.

A O MINHO, o comando territorial da GNR em Viana do Castelo confirmou a ocorrência, que foi registada por militares da divisão de trânsito sediada em Ponte de Lima.

Continuar a ler

Famalicão

Bombeiros de Famalicão oferecem 300 cabazes de Natal a quem mais precisa

Campanha solidária

em

Foto: Facebook de Bombeiros de Famalicão

Depois de um árduo trabalho durante dois meses, os Bombeiros de Famalicão já têm disponíveis cerca de 300 cabazes de Natal para oferecer às famílias carenciadas daquele concelho, anunciou este sábado a corporação.

Elementos da fanfarra daquela associação, iniciaram a recolha de alimentos no início de outubro, junto das superfícies comerciais, sendo bastante elogiadas por fonte da corporação pelo “trabalho fantástico de sensibilização”.

Para além dessa recolha, alguns dos alimentos foram doados como inscrição para a participação numa caminhada solidária, organizada pelos bombeiros para este efeito.

Houve ainda doação de anónimos e notáveis que contribuíram para esta causa abnegada.

A própria associação humanitária contribuiu com a compra de alimentos para “que nada falte na mesa das pessoas que vão receber os cabazes”.

Os cabazes estão a ser entregues, ao longo do dia de hoje, a famílias nas 49 freguesias do concelho de Famalicão.

“E assim conseguimos, mais uma vez, mostrar que todos juntos fazemos a diferença”, refere fonte da corporação.

Continuar a ler

Famalicão

Área Metropolitana do Porto aprova entendimento entre Santo Tirso e Trofa com Famalicão

Associação de municípios MobiAve

em

Foto: DR / Arquivo

A Área Metropolitana do Porto (AMP) aprovou, esta sexta-feira, por unanimidade o memorando de entendimento sobre as linhas intermunicipais que atravessam concelhos de Famalicão, Santo Tirso e Trofa e que vai permitir que estes municípios se constituam como associação.

O momento da aprovação deste documento levou o presidente da Câmara da Trofa, Sérgio Humberto, a abandonar a reunião do Conselho Metropolitano do Porto (CmP) de 25 de outubro, depois de uma troca de acusações com o presidente daquele órgão, Eduardo Vítor Rodrigues.

Na reunião de hoje, o presidente do CmP, que convidou como observador o presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, município que não integra a AMP, reiterou que este era um processo complexo que levou o seu tempo e que obrigou a uma abordagem jurídica.

Por seu turno, o presidente da Câmara de Santo Tirso, Alberto Costa, salientou que a assinatura deste memorando não implica a assunção de compromissos financeiros para os restantes municípios, além da Trofa, destacando a importância da constituição de uma nova autoridade de transportes para a gestão dos interesses comuns dos três municípios.

Já o presidente da Câmara da Trofa, Sérgio Humberto, frisou o caráter “único” do processo desencadeado por estes três municípios, que aguardavam apenas o parecer da AMP para “lançar o concurso” de transportes para aquele território.

Na reunião de 25 de outubro, o autarca envolveu-se numa troca de palavras com Eduardo Vítor Rodrigues.

À data, os municípios da Trofa e Santo Tirso pretendiam que reunião seguinte da CmP, marcada para 06 de dezembro, fosse alterada para data anterior, para permitir que o memorando de entendimento sobre as linhas intermunicipais que atravessam os dois concelhos e ainda o município de Famalicão, fosse incluído na ordem de trabalhos da assembleia municipal de 02 de dezembro.

Os três municípios pretendem constituir-se como Associação de Municípios, a MobiAve, cuja criação está dependente de um entendimento com a AMP que, como autoridade de transporte, gere a rede.

A constituição da associação já teve luz verde da Comunidade Intermunicipal do Ave (CIM do Ave), que, em matéria de autoridade de transportes gere o concelho de Famalicão, faltando uma decisão da AMP, relativamente aos municípios de Santo Tirso e Trofa.

Na reunião de hoje, o autarca de Famalicão, Paulo Cunha, agradeceu o voto de confiança da AMP e sublinhou que o projeto em causa vai representar uma melhoria das condições de acessibilidades para os habitantes não só daqueles três municípios, como também dos que diariamente se descolam para aquele território por motivos profissionais.

Na reunião, o presidente da Câmara da Trofa anunciou ainda que o Tribunal de Contas já deu luz verde ao projeto da construção dos paços do concelho.

Continuar a ler

Populares