Seguir o O MINHO

Desporto

Onze reforços na convocatória do Moreirense para a receção ao Paços de Ferreira

em

O treinador do Moreirense, Pepa, convocou, esta sexta-feira, 11 reforços para a receção de sábado ao Paços de Ferreira, da primeira jornada da I Liga portuguesa em futebol.


Na convocatória dos minhotos sobressai o número de caras novas, 11, face aos eleitos que transitam da última época, nove.

Na baliza Stefanovic vai disputar o lugar com Makaridze (ex-Feirense), enquanto o setor defensivo integra três reforços – Diego Galo (ex-União da Madeira), Rebocho (ex-Benfica) e Jander (ex-Desportivo das Aves) – e outros tantos que transitam: Sagna, André Micael e Marcelo Oliveira.

No meio campo, o destaque para a inclusão de Francisco Geraldes, que foi emprestado aos vimaranenses pelo Sporting, e no ataque sobressaem David Ramirez (ex-Saprissa) e Roberto (ex-Arouca).

Moreirense e Paços de Ferreira defrontam-se sábado, pelas 16h00, em Moreira de Cónegos, com arbitragem de Manuel Oliveira da Associação de Futebol do Porto.

Lista de 20 convocados:

– Guarda-redes: Stefanovic e Makaridze

– Defesas: Sagna, André Micael, Diego Galo, Rebocho, Jander e Marcelo Oliveira

– Médios: Cauê, Dramé, Fati, Ernest, Nildo, Ubierna, Francisco Geraldes, Ângelo Neto e Alan Schons

– Avançados: Boateng, Roberto e David Ramirez

logo Facebook Fique a par das Notícias de Desporto. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Anúncio

I Liga

FC Porto pode festejar título da I Liga, mas depende do Benfica

I Liga

em

Foto: Twitter

O FC Porto pode sagrar-se hoje campeão português de futebol, na 31.ª jornada da I Liga de futebol, caso vença em Tondela e o Benfica seja derrotado pelo Famalicão.

Com seis pontos de avanço e vantagem no confronto direto, os ‘dragões’ podem celebrar o 29.º título já no ‘sofá’, uma vez que entram em campo em Tondela às 19:15, antes de o Benfica jogar em Vila Nova de Famalicão, às 21:30.

Quase na máxima força, apenas Marcano é baixa, o FC Porto visita um terreno onde nunca perdeu, nem sofreu golos, vencendo três vezes e empatando uma, frente a um aflito Tondela, três pontos acima da zona de despromoção.

Com Nélson Veríssimo já confirmado como treinador até final da época, o Benfica terá em teoria uma tarefa mais complicada, uma vez que visita o Famalicão, grande surpresa da competição e que ocupa o quinto lugar, último de acesso à Liga Europa.

O Benfica volta a visitar Vila Nova de Famalicão para o campeonato quase 27 anos depois, embora esta temporada já tenha empatado no terreno dos minhotos (1-1), na segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, onde FC Porto e Sporting já foram derrotados esta época.

No outro encontro do dia, o Rio Ave, sexto classificado, a um ponto do Famalicão, recebe o Portimonense, 17.º e primeiro conjunto abaixo da ‘linha de água’, a três pontos da zona de salvação.

Programa e resultados da 31.ª jornada:

– Quarta-feira, 08 jul:

Boavista – Marítimo, 0-1

Desportivo das Aves – Vitória de Setúbal, 1-0

– Quinta-feira, 09 jul:

Rio Ave – Portimonense, 17:00

Tondela – FC Porto, 19:15

Famalicão – Benfica, 21:30

– Sexta-feira, 10 jul:

Vitória SC – Gil Vicente, 17:00

Sporting – Santa Clara, 19:15

Paços de Ferreira – SC Braga, 21:30

– Sábado, 11 jul:

Belenenses SAD – Moreirense, 19:15 (Cidade do Futebol)

Continuar a ler

Futebol

Vizela renova com médio Marcelo por três temporadas

II Liga

em

Foto: FC Vizela

O Vizela, clube que foi promovido à II Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a renovação de contrato com o médio Marcelo, que assinou um novo vínculo válido por mais três temporadas.

O jogador brasileiro, de 21 anos, que na época que agora findou esteve emprestado ao Juventude de Pedras Salgadas, no qual cumpriu 28 jogos e apontou um golo, vai ter nova oportunidade para se afirmar nas opções do técnico Álvaro Pacheco.

“Estou muito feliz por voltar a casa. Tenho um carinho muito grande pelo Vizela e pelos adeptos. Foi o clube que me abriu as portas em Portugal. Vou dar 100% pelo clube e fazer tudo o que está ao meu alcance”, disse Marcelo, em declarações ao site do clube.

O médio chegou ao emblema minhoto em 2017, oriundo do Red Bull Brasil, para evoluir na equipa júnior dos vizelenses, tendo nas épocas seguintes sido cedido ao Vitória de Guimarães, no qual alinhou na equipa sub-23, e, posteriormente, a Juventude de Pedras Salgadas, do Campeonato de Portugal.

O Vizela, a par do Arouca, foi indicado pela Federação Portuguesa de Futebol para a subida à II Liga de futebol, depois do Campeonato de Portugal, onde militava, ter sido interrompido devido à pandemia de covid-19.

À data da suspensão da prova, o Vizela liderava a Série A, com 60 pontos (mais oito que o segundo classificado Fafe), enquanto o Arouca estava em primeiro lugar na Série B, com 58 pontos (mais oito que o Lusitânia de Lourosa).

Continuar a ler

Futebol

Treinador do Benfica garante “foco” no Famalicão

I Liga

em

Foto: Imagem BTV

O foco da equipa técnica do Benfica, liderada por Nelson Veríssimo, está apenas “nos quatro jogos que faltam” e na final da Taça de Portugal de futebol, afirmou hoje o sucessor de Bruno Lage no comando dos ‘encarnados’.

De tal forma que, garantiu, por muito que os jornalistas presentes na conferência de imprensa de lançamento do encontro com o Famalicão pudessem “não acreditar”, o técnico “nem sabia” que o FC Porto entra em campo antes do Benfica na 31.ª jornada da I Liga e não pensou na hipótese de permanecer no comando da equipa por ser uma questão que “neste momento não faz sentido”.

“Foi-nos colocada a tarefa de orientar a equipa até à final da Taça [de Portugal] e o foco só tem de estar aí. Nós sabemos o que temos de fazer, o nosso objetivo é ganhar os quatro jogos que faltam e é com esse espírito que vamos para o jogo de amanhã [quinta-feira], independentemente do que possa acontecer”, sublinhou, no Seixal, o sucessor de Bruno Lage.

A ideia foi repetida em várias intervenções do treinador, que o Benfica confirmou esta semana que ficará no comando da equipa até ao final da época, incluindo quando foi questionado sobre se Jorge Jesus seria uma boa solução para liderar os ‘encarnados’ na próxima época ou se poderia vir a integrar a sua equipa técnica.

“Percebo essa questão, porque tem-se vindo a colocar, mas isso não é uma área de intervenção que me diga respeito. Uma boa solução passa por ganhar o jogo de amanhã [quinta-feira]”, atalhou Nelson Veríssimo.

Sempre com o “foco” na deslocação a Famalicão, o técnico negou que, em função do atraso de seis pontos em relação ao FC Porto, os próximos jogos sirvam essencialmente para preparar a final da Taça de Portugal, frente aos ‘dragões’, e voltou a referir-se aos métodos da equipa técnica de Bruno Lage, com os quais se “identificava”, sem embargo de poder “criar outra dinâmica”.

“A linha de raciocínio será muito parecida, com uma dinâmica que possa ser implementada em função dos jogadores e do momento”, explicou Nelson Veríssimo, antes de falar de um adversário (Famalicão) que ”tem uma forma de jogar de equipa grande”.

“Gosta de ter a bola, de ocupar os espaços na amplitude máxima do campo e, em alguns momentos, pode desequilibrar-se, fruto desse posicionamento. Obviamente, foi um dos aspetos que tivemos em conta. Teremos de ser uma equipa muito organizada e competitiva, potenciar algumas virtudes e colmatar as lacunas que encontramos em alguns momentos do jogo”, analisou o treinador que venceu o Boavista (3-1) no encontro da sua estreia.

O Benfica visita o Famalicão na quinta-feira, às 21:30, numa partida da 31.ª jornada da I Liga que arranca já depois do final do encontro do FC Porto no terreno do Tondela, que tem início agendado para as 19:15.

Em caso de vitória dos ‘dragões’, a equipa de Nelson Veríssimo fica obrigada a somar pontos para impedir que o rival festeje o título já na quinta-feira, quando ainda faltarão disputar três jornadas até ao final do campeonato.

Continuar a ler

Populares