Seguir o O MINHO

Região

ONG de apoio a brasileiros em Braga assina protocolo para oferecer formação

em

Foto: M&B Photographic Studio

A organização não governamental e sem fins lucrativos UAI – União, Apoio e Integração assinou, esta semana, um protocolo de parceria com o IPME para oferecer aos seus associados uma formação apropriada e de qualidade adequada às necessidades dos brasileiros que chegam ao mercado português.

A assinatura do protocolo de parceria com a ONG presidida por Alexandra Gomide, também administradora das mídias sociais do Olhar Brasileiro em Portugal e Ficou Mais Fácil decorreu no Centro de Negócios Ideia Atlântico e tem como principal objetivo apoiar a integração da comunidade brasileira em Braga.

Foto: M&B Photographic Studio

Foto: M&B Photographic Studio

O protocolo disponibiliza oferta formativa diversificada (curta ou longa duranção) em diversas áreas profissionais, apoio na integração sócio-cultural, adaptação ao mercado de trabalho, assertividade e técnicas de procura de trabalho, acesso ao reconhecimento e validação de habilitações literárias (diplomas) e/ou profissionais (carteiras profissionais).

“O apoio integrado passará essencialmente pelo trabalho desenvolvido no Centro Qualifica do IPME, dado que permite aos cidadãos brasileiros associados, um atendimento e acompanhamento personalizado no acesso ao reconhecimento, validação e certificação de competências literárias, profissionais e pessoais, e o encaminhamento e acesso a formação certificada (gratuita). Além disso, a parceria visa a posssibilidade de criação de cursos e/ou formação personalizadas, conforme demanda da entidade, a custo reduzido para os associados da UAI”, diz o comunicado da UAI enviado a O MINHO.

Para os mais jovens a oferta formativa poderá passar ainda pela integração em cursos profissionais (aprendizagem) gratuitos, com equivalência ao 12º ano e obtenção de uma certificação profissional, que são uma aposta segura para garantir lugar no mercado de trabalho e possibilita ainda o prosseguimento de estudos universitários. Estes cursos profissionais permitem ainda aos cidadãos brasileiros o acesso ao visto de estudante uma vez que são cursos de longa duração.

O IPME – Instituto de Formação PME, é uma entidade com mais de 20 anos de experiência nas áreas de formação e consultoria. É certificada em 36 áreas de educação e formação pela DGERT, é entidade formadora externa do IEFP e integra a rede de Centros Qualifica tutelada pela ANQEP (Agência Nacional para a Qualificação e Ensino Profissional), com um Sistema de Gestão da Qualidade da formação implementado desde 1995 (o que garante a qualidade da formação).

Anúncio

Braga

Homem mata mulher a tiro em Braga

Violência doméstica

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Uma mulher de 54 anos morreu esta sexta-feira em Braga vítima de um tiro de arma de fogo disparado pelo próprio marido.

O homem terá disparado sobre a mulher dentro da residência, localizada na rua da Bugide, freguesia de Pedralva.

Dirigiu-se esta noite ao posto territorial do Sameiro (GNR) onde confessou a autoria do crime.

Ao local acorreu uma ambulância INEM e a VMER de Braga, tendo confirmado o óbito da mulher.

O homem, de 59 anos, encontra-se sob custódia policial. Desconhecem-se ainda os motivos do crime.

Este é já o segundo caso de morte entre casais no distrito de Braga no espaço de seis dias.

No passado domingo, um homem matou a companheira em Gondifelos, Famalicão, pondo termo à vida de seguida.

Continuar a ler

Alto Minho

Mulher morre atropelada em Caminha

Em Seixas

em

Uma mulher com cerca de 70 anos perdeu a vida após atropelamento em Seixas, Caminha, na Estrada Nacional 13, apurou O MINHO junto dos Bombeiros de Caminha.

Para além da vítima mortal, o sinistro resultou ainda em mais dois feridos, um familiar da vítima, que também terá sido atropelado, e o condutor da viatura envolvida no acidente.

No local estiveram os Bombeiros de Caminha com três ambulâncias, assim como a VMER de Viana do Castelo. O alerta foi dado pelas 21:01 e o óbito foi declarado no local e a vítima transportada para o Instituto de Medicina Legal.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Braga

“Pico” nas urgências reteve ambulâncias no Hospital de Braga. Situação já normalizou

Bombeiros revoltados

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Ambulâncias de várias corporações de bombeiros da região de Braga ficaram esta tarde de sexta-feira retidas durante mais de uma hora junto das urgências do Hospital de Braga, face ao tempo de espera na triagem.

Ao que O MINHO apurou junto de várias corporações da região de Braga, algumas ambulâncias chegaram mesmo a esperar mais de uma hora enquanto os doentes ficavam em macas no serviço de urgências, à espera de serem atendidos na triagem.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Fonte da unidade hospitalar disse a O MINHO que a situação se encontra normalizada, tendo existido um “pico” durante esta tarde, face a algumas situações de última hora que “atrasaram” as ambulâncias.

A mesma fonte indica, contudo, que tem sido dada “prioridade máxima” às macas que chegam nas ambulâncias, de forma a “libertar” as viaturas que são necessárias em outras ocorrências, não podendo ficar “à espera” naquele serviço.

Ao que O MINHO apurou ao final da tarde desta sexta-feira, a situação já se encontra normalizada.

Continuar a ler

Populares