Seguir o O MINHO

Ave

Empresa que trocou Alemanha por Famalicão continua a crescer e a investir

em

A empresa têxtil Olbo&Mehler vai reforçar o investimento em Vila Nova de Famalicão, anunciou a autarquia, num projeto avaliado em 1,4 milhões de euros, que já recebeu luz verde da Câmara Municipal.

O investimento irá materializar-se na aquisição de equipamentos e na construção de um pavilhão para otimização dos fluxos logísticos relacionados com os produtos acabados, o que irá permitir criar cinco novos postos de trabalho, que se juntam aos atuais 291.

A Olbo&Mehler é uma das empresas líderes mundiais no fabrico de têxteis técnicos para aplicação na indústria automóvel, farmacêutica, mineira e na área da segurança e defesa. Teve origem na Alemanha, na década de 1930, mas em 2014, após ter comprado a empresa local Segures Têxteis, concentrou todas as competências em Landim, Vila Nova de Famalicão, onde são concebidos produtos inovadores que têm como destino único a exportação, .

De acordo com nota da autarquia, o estabelecimento da empresa têxtil deve-se ao facto de ali encontrar “recursos humanos altamente qualificados e infraestruturas tecnológicas de investigação e inovação capazes de responder aos desafios constantes que lhe são colocados”.

De acordo com a mesma fonte, o valor global desta operação, que consistiu na ampliação e modernização das instalações da antiga unidade fabril, atingiu os 10 milhões de euros.

As vendas anuais rondam os 60 milhões de euros, sendo um dos seus produtos bandeira um tecido construído à base de basalto resistente a altas temperaturas.

No âmbito desta iniciativa empresarial, a Olbo&Mehler foi contemplada com incentivos fiscais ao abrigo do Regulamento de Projetos de Investimento de Interesse Municipal – Made 2IN. A proposta de projeto e respetivo apoio financeiro ao investimento foi aprovada por unanimidade na quinta-feira passada, 13 de abril, pelo executivo municipal liderado por Paulo Cunha.

Populares