Seguir o O MINHO

Região

Oito concelhos dos distritos de Braga e Viana em risco máximo de incêndio

Meteorologia

em

Foto: Ilustrativa / DR

Oito concelhos dos distritos de Braga e Viana do Castelo estão em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).


Monção, Caminha, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Vila Verde, Braga, Póvoa de Lanhoso e Guimarães são os concelhos que se encontram em risco máximo de incêndio.

Todos os outros concelhos do Minho encontram-se em risco muito elevado, à exceção de Esposende, que apresenta risco elevado.

Em Portugal continental, cerca de uma centena de concelhos de 14 distritos apresentam hoje um risco máximo de incêndio.

Em risco máximo estão cerca de uma centena de concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Leiria, Portalegre, Castelo Branco, Guarda, Aveiro, Viseu, Coimbra, Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança.

O IPMA colocou também em risco muito elevado e elevado de incêndio quase todos os concelhos de todos os distritos (18) de Portugal continental.

Segundo o IPMA, pelo menos até ao fim de semana vai manter-se o risco de incêndio máximo e muito elevado em muitos concelhos do continente por causa do tempo quente.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Na sequência do tempo quente, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) alertou na segunda-feira para o aumento do risco de incêndios rurais, em especial nas regiões do sul e do interior norte e centro, devido ao vento e subida da temperatura previstos para os próximos dias.

Num aviso à população, a ANEPC destaca um “aumento das condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais”, em especial nas regiões do Sul e do interior centro e norte.

Fonte da Proteção Civil avançou à Lusa que o distrito de Santarém vai estar hoje em estado de alerta especial laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, devido ao perigo de incêndio rural.

Os distritos de Aveiro, Braga, Bragança Coimbra, Leiria, Lisboa, Porto, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu, vão estar, no mesmo período, em estado de alerta especial amarelo.

O IPMA prevê a continuação de tempo quente, com uma subida gradual pelo menos até sexta-feira.

Durante esta semana a temperatura máxima deverá variar entre 30 e 35 graus Celsius no litoral, devendo atingir valores entre 35 e 40 graus nas regiões do interior.

Também a temperatura mínima apresenta tendência para uma subida gradual, com valores que deverão ser superiores a 20 graus em grande parte do território continental, em especial no interior e no sotavento algarvio, e que são classificadas como noites tropicais.

De acordo com o IPMA, os valores de temperatura estão acima do habitual para a época do ano e esta persistência poderá levar a uma situação de onda de calor em diversos locais do país, em especial no interior.

Na origem do tempo quente está um “anticiclone localizado a nordeste dos Açores, que se estende em crista até ao Golfo da Biscaia, em conjunto com um vale depressionário desde o norte de África até à Península Ibérica, origina o transporte de uma massa de ar quente do norte de África a qual será responsável pela persistência de valores elevados de temperatura ao longo da semana”.

Anúncio

Alto Minho

Colisão entre três veículos em Valença provoca onze feridos

Acidente

em

Foto: DR

Uma colisão que envolveu hoje três veículos de matrícula espanhola em Valença resultou em 11 feridos, nove assistidos no local e duas vítimas transportadas para Viana do Castelo.

De acordo com o Centro Distrital de Operações de Socorro de Viana do Castelo, os dois feridos estão a ser assistidos na Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM).

Para o local foram mobilizados três veículos com seis bombeiros e uma patrulha da GNR, que já abandonaram a zona do acidente.

Continuar a ler

Ave

Cinco detidos durante jogo de poker dentro de um café em Fafe

Jogo ilegal

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Cinco pessoas foram detidas pela GNR, na madrugada de sábado, por jogo ilegal dentro de um estabelecimento comercial em Fafe.

Ao que apurou O MINHO, os detidos são quatro indivíduos que jogavam poker a dinheiro e o proprietário do estabelecimento.

Para além das detenções, os militares apreenderam cerca de 1.500 euros em dinheiro que estaria a ser utilizado para o jogo em causa.

Os jogos de fortuna ou azar a envolver dinheiro não são permitidos. De acordo com o artigo 3 da Lei do Jogo, “a exploração e a prática dos jogos de fortuna ou azar só são permitidas nos casinos existentes em zonas de jogo permanente ou temporário criadas por decreto-lei”.

Os cinco visados foram constituídos arguidos e restituídos à liberdade.

Continuar a ler

Ave

Homem atingido a tiro após discussão em Celorico de Basto. Ex-GNR foi detido

Crime

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Um homem, com cerca de 35 anos, foi atingido a tiro de pistola durante uma confusão entre vizinhos, esta noite, em Celorico de Basto.

De acordo com Fernando Gomes, comandante dos Bombeiros Celoricenses, o homem terá sido atingido na zona do abdómen, ficando com ferimentos graves.

Ao que apurou O MINHO, militares da GNR procederam à detenção do alegado autor do disparo, um vizinho e ex-militar daquela guarda.

A situação ocorreu num prédio na Avenida João Pinto Ribeiro, em Britelo, centro da vila de Celorico de Basto.

A vítima foi assistida no local pelos Bombeiros Celoricenses e pela equipa médica da VMER de Vale do Sousa.

Foi transportada para o Hospital de Penafiel em estado grave.

Continuar a ler

Populares