Seguir o O MINHO

Futebol

Oficial. Lito Vidigal é o novo treinador do Moreirense

I Liga

em

Foto: Twitter / Moreirense FC

O treinador Lito Vidigal, que estava sem clube há quase um ano, vai render João Henriques no comando do Moreirense até ao final da época, anunciou hoje o 16.º e antepenúltimo colocado da I Liga de futebol.

“O Moreirense chegou a acordo com Lito Vidigal para assumir o comando técnico até ao final da temporada”, informam os minhotos, em comunicado publicado no sítio oficial na Internet.

José Carlos Fernandes Vidigal, mais conhecido no futebol por Lito Vidigal, vai encarar a oitava experiência no escalão principal, praticamente um ano depois de ter deixado o Marítimo, à oitava jornada da edição 2020/21 do campeonato, na 17.ª e penúltima posição, com sete pontos, resultantes de duas vitórias, um empate e cinco derrotas.

O luso-angolano orientou o primeiro treino do Moreirense na terça-feira, quando João Henriques ainda acertava os termos da rescisão, mas viu o seu encontro de estreia, que estava agendado para hoje, ser adiado para 03 de janeiro de 2022, devido ao surto do coronavírus que isolou o plantel do Tondela, adversário do Moreirense na 13.ª jornada.

“Lito Vidigal integra na sua equipa técnica os adjuntos João Vargas e Carlos Marques e o treinador de guarda-redes Paulo Santos”, termina a nota da administração liderada por Vítor Magalhães, que tinha oficializado na quarta-feira a saída de João Henriques.

Lito Vidigal assume o Moreirense no 16.º lugar do campeonato, posição do ‘play-off’ de permanência no escalão principal, com nove pontos, apenas um acima da zona de despromoção direta, em consequência de uma vitória (2-1 na receção ao Arouca, à sétima jornada), seis empates e cinco derrotas.

Os ‘cónegos’ foram ainda eliminados da primeira fase da Taça da Liga, ao perderem na visita ao estádio do Penafiel (2-1), da II Liga, mas vão discutir em Mafra o acesso aos ‘quartos’ da Taça de Portugal, após já terem afastado o Oriental Dragon, da Liga 3 (3-2, após prolongamento) e o primodivisionário e rival concelhio Vitória de Guimarães (3-2).

Lito Vidigal, de 52 anos, já comandou no escalão principal Estrela da Amadora (2008), União de Leiria (2009-2011), Belenenses (2014-2015), Arouca (2015-2017), Desportivo das Aves (2017/18), Vitória de Setúbal (2018-2019 e 2020), Boavista (2019) e Marítimo.

Natural de Luanda, despontou por O Elvas, Portosantense, Pontassolense, Ribeirão e Portimonense, liderou a seleção de Angola e acumulou experiências no estrangeiro com os líbios do Al Ittihad, os cipriotas do AEL Limassol e os israelitas do Maccabi Tel Aviv.

O Moreirense efetivou mudanças no comando técnico pela terceira época consecutiva, entre seis treinadores utilizados, sendo que Ivo Vieira, atual timoneiro do Famalicão, foi o último a disputar um campeonato inteiro, em 2018/19, obtendo um histórico sexto lugar.

Populares