Seguir o O MINHO

Póvoa de Lanhoso

Octogenário da Póvoa de Lanhoso com “prognóstico muito reservado”

em

O octogenário que na tarde desta terça-feira sofreu queimaduras graves, em diversas regiões do corpo, supostamente por ter provocado um incêndio quando estaria a fumar na cama, na Póvoa de Lanhoso, encontra-se com “prognóstico muito reservado”


Segundo apurou O MINHO, o idoso, Secundino Alves, com 83 anos de idade, da Póvoa de Lanhoso, viúvo, era utente do Lar Estrela do Paraíso, situado na localidade de Brunhais, concelho da Póvoa de Lanhoso, que foi o palco da tragédia.

A instituição privada ainda não comentou a situação, apesar de instada nesse sentido, ao longo das ultimas horas, sabendo-se que somente a diretora do Lar Estrela do Paraíso deslocou-se ao Serviço de Urgência do Hospital Escala Braga, logo que a vítima foi ali transportada por elementos da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso.

A Viatura de Emergência Médica e de Reanimação do INEM de Braga compareceu no lar e prestou os primeiros cuidados médicos, seguindo com a vítima numa ambulância especial da Corporação dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso, cabendo por sua vez ao Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Guarda Nacional Republicana da Póvoa de Lanhoso apurar as circunstâncias em que o idoso se queimou gravemente.

Anúncio

Braga

Idoso detido em Póvoa de Lanhoso por causa de queima descontrolada

Incêndio

em

Foto: Ilustrativa / DR

Um homem de 69 anos foi detido, na quarta-feira, por suspeito de incêndio florestal por negligência em Sobradelo da Goma, na Póvoa de Lanhoso, anunciou hoje a GNR.

O idoso fez uma queimada que acabou por se descontrolar e queimar 1.700 metros quadrados de mato e silvado.

Em comunicado, a GNR refere que, “cerca das 13:00, deflagrou um incêndio florestal que teve origem numa queimada, em que o indivíduo perdeu o controlo das chamas, acabando por consumir 1700 m2 de mato e silvado”.

Durante as diligências policiais, foi possível identificar o autor da queimada, tendo sido constituído arguido e os factos participados ao Tribunal da Póvoa de Lanhoso.

Para o local foram mobilizados vários meios de socorro, entre viaturas da GNR e dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso.

Continuar a ler

Braga

Póvoa de Lanhoso recruta vigilantes florestais

Incêndios

em

Foto: Divulgação / CM Póvoa de Lanhoso

Está a decorrer o recrutamento de dois vigilantes para o posto de vigia de S. Mamede, em Póvoa de Lanhoso, local estratégico para as ações de vigilância no âmbito da Defesa da Floresta Contra Incêndios, anunciou a autarquia.

Os interessados devem deslocar-se ao Posto Territorial da GNR da Póvoa de Lanhoso para preencher o necessário formulário de candidatura e indicar o correio eletrónico para o qual pretendem ser notificados.

Os candidatos podem encontrar mais informação sobre as vagas na página do município.

Continuar a ler

Braga

Obras afetam distribuição de água em freguesia da Póvoa de Lanhoso

Abastecimento de água

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara da Póvoa de Lanhoso alertou hoje a população para possíveis falhas de água na freguesia de Vilela, nas próximas duas semanas, devido a obras para melhorar a rede de distribuição de água.

Em comunicado, a autarquia esclarece que na terça e na quarta-feira estarão sujeitos a falta de água os seguintes arruamentos da Freguesia de Vilela: Rua e Travessa do Paço Velho, Rua da Portela, Caminho da Ribes, Beco da Portela e Rua do Areaço.

Nos dias 06 e 08 de julho, poderá haver cortes de água na Rua e Travessa da Boucinha, Caminho do Vale Escuro, Rua de Lage de Vila, Caminho de Portagide, Rua e Caminho de Santa Catarina, Travessa e Beco de Santa Catarina, Caminho da Poça Nova, Rua da Senhora da Boa Viagem, Rua de Santiago, Travessa da Lage, Rua de Paço Novo, Rua da Senhora do Ó, Caminho do Telhado, Caminho de São Miguel, Rua da Ponte, Caminho dos Pocinhos e Rua da Devesa.

Esta empreitada tem como objetivo executar intervenções na rede distribuidora de água que permitirão uma melhoria do seu desempenho e consequentemente da qualidade do serviço prestado aos e às munícipes.

Continuar a ler

Populares