Seguir o O MINHO

País

Óbito/Sampaio: Marcelo elogia a sua luta serena pela “liberdade na igualdade”

Política

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO / Arquivo

O Presidente da República elogiou hoje o antigo chefe de Estado Jorge Sampaio pela sua luta pela “liberdade na igualdade”, considerando que essa foi a sua principal causa, pela qual se bateu serenamente, e é o seu “duplo legado”.

“Portugueses, acabei de exprimir à família do Presidente Jorge Sampaio, em dor, o pesar de todos vós. Lutando, mas serenamente, nos deixou hoje o Presidente Jorge Sampaio. Lutando serenamente, como sereno foi o seu testemunho de vida ao serviço da liberdade e da igualdade”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, na Sala das Bicas do Palácio de Belém, em Lisboa.

Numa declaração de cinco minutos, o Presidente da República recordou Jorge Sampaio como “sereno na sua luminosa inteligência, sereno na sua profunda sensibilidade, sereno na sua paciente, mas porfiada coragem”, acrescentando: “Nasceu e formou-se para ser um lutador, e a causa da sua luta foi uma: a liberdade na igualdade”

Jorge Sampaio morreu hoje, aos 81 anos. Tinha sido internado em 27 de agosto no Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, na sequência de dificuldades respiratórias.

Populares