Seguir o O MINHO

Barcelos

Óbito: Oboísta Samuel Bastos (Barcelos) era “um dos melhores da música” mundial

Músico morreu na Suíça

em

Foto: Mário Jorge Silva

O professor e músico Francisco Luís Vieira disse hoje que com a morte do oboísta Samuel Castro Bastos se perdeu “um dos melhores da música” à escala internacional, recordando o seu talento, bondade e ligação a Portugal.

“É uma referência nacional e internacional, uma figura de topo na música. Perdemos um dos melhores da música, não apenas um oboísta, mas um dos melhores instrumentistas da atualidade à escala internacional”, disse à agência Lusa Francisco Luís Vieira.

O professor do Conservatório da Guarda evocou a relação muito próxima que mantinha com o oboísta solista da Orquestra da Ópera de Zurique (Opernhaus Zurich), de 32 anos, que morreu no sábado na Suíça [NDR – e não ao início da manhã de hoje, como foi inicialmente avançado], de causas desconhecidas.

“Conheço-o desde muito cedo, fez parte de um grupo que criei, o Ensemble Palhetas Duplas, e estive com ele em vários congressos, masterclasses, assisti a provas em vários concursos e acompanhei muito o percurso dele”, disse.

Francisco Luís Vieira lembrou Samuel Castro Bastos como “uma pessoa extraordinária e um músico talentosíssimo”, assinalando os “imensos prémios nacionais e internacionais” conquistados ao longo da carreira.

“Era uma pessoa muito bondosa. Fez uma carreira internacional, mas esteve sempre muito ligado a Portugal e à terra dele. Esteve sempre muito ligado às novas gerações de oboístas nas escolas. Ultimamente tinha sido convidado para dar masterclasses em Portugal nas várias escolas um pouco por todo o país. Teve sempre muito gosto e uma vontade enorme de transmitir conhecimentos que foi adquirindo pelo mundo”, disse.

Foto: DR

O músico português Samuel Bastos, natural da freguesia de Oliveira, concelho de Barcelos, era oboísta solista da Orquestra da Ópera de Zurique (Opernhaus Zurich), estando emigrado em Zurique.

Nascido em 1987 no seio de uma família de músicos, natural de Oliveira – Barcelos, iniciou os seus estudos musicais com o pai, aos 07 anos.

Em Portugal, estudou no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga e na Escola Superior de Música de Lisboa.

Como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, estudou em Zurique na Zürcher Hochschule der Künste onde concluiu o Bachelor, Master Orchester e o Master Specialized Music Performance – Solist com a distinção máxima na classe de Martin Frutiger (Corne Inglês) e Thomas Indermühle (oboé).

Em Paris estudou com Maurice Bourgue.

Foi vencedor dos concursos internacionais: Fernand Gillet-Hugo Fox nos Estados Unidos da América, Giuseppe Ferlendis e Cittá di Chieri em Itália.

Foi também laureado nos concursos internacionais: Giuseppe Tomassini (Itália), Crussel (Finlândia), Barbirolli (U.K) e Riddes (Suíça).

Em Portugal foi vencedor do Yamaha Music Foundation of Europe, Prémio Jovens Músicos e Prémio Maestro Silva Pereira.

Aos 17 anos integrou a European Union Youth Orchestra, mais tarde a European Wind Orchestra, The World Orchestra e a Gustav Mahler Jugend Orchester, com quem realizou digressões por toda a Europa e China.

Apresentou-se como solista na Europa, Rússia, Estados Unidos da América e Japão e foi membro fundador da Revista Musical Portuguesa Da Capo e colaborava regularmente com a Orquestra XXI.

Anúncio

Barcelos

Albergue da cidade de Barcelos está a comemorar oito anos de existência

Atividades começam hoje e prolongam-se até quinta-feira

em

De 20 a 25 de julho de 2019, a Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos comemora o seu 8º Aniversário. São várias as atividades promovidas pela Associação, de participação livre e gratuita, sem necessidade de inscrição, vocacionadas para a promoção de Barcelos no Caminho Português de Santiago e do Caminho de Santiago para os Barcelenses.

As Comemorações do 8º Aniversário da Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos têm o apoio do Município de Barcelos e da Xunta de Galicia.

Hoje, pelas 21:30, no Auditório do Posto de Turismo de Barcelos, realiza-se a 4ª Edição do “Barcelos Hospitaleiro”, um evento informal de partilha de experiências entre todos os que, diariamente, promovem a Hospitalidade no Caminho Português de Santiago.

Amanhã, pelas 10:00, com início/ponto de encontro na Torre Medieval, realiza-se uma visita guiada intitulada “Barcelos na óptica do Caminho de Santiago”. Esta atividade será orientada pelo Posto de Turismo de Barcelos.

Na próxima quinta-feira, pelas 19:00, na Igreja de Santo António, celebra-se uma Eucaristia de Santiago e a Bênção do Peregrino. Esta atividade é promovida em parceria com a Bênção do Peregrino da Igreja de Santo António e com a Associação SobramSonhos – Amigos e Voluntários do Caminho de Santiago.

Também na quinta mas pelas 21:00, no Posto de Turismo de Barcelos, tem lugar a inauguração da exposição “De Mar a Mar – O Caminho de Santiago em 3D” (exposição da Xunta de Galicia) composta por 20 fotografias do Caminho Português de Santiago na Galiza.

A exposição apresenta o Caminho de Santiago como uma rota universal, espiritual, histórica e monumental. Primeiro Itinerário Cultural Europeu, cuja meta é o túmulo do Apóstolo Santiago Maior em Santiago de Compostela. A exposição estará disponível entre 25 de julho e 20 de agosto de 2019.

Continuar a ler

Barcelos

Menino de dois anos caiu de terraço em Barcelos

“Sofreu algumas lesões, mas está estável”

em

Foto: Arquivo

Um menino de dois anos foi transportado para o Hospital de Braga, depois de ter caído de um terraço com cerca de três metros, esta quinta-feira à noite, em Cristelo, concelho de Barcelos.

Ao que O MINHO apurou, hoje, a criança “sofreu algumas lesões, mas está estável”.

Segundo os Bombeiros Voluntários de Barcelinhos, o alerta para a emergência foi recebido às 21:13.

Antes de ser levado para o hospital, o menino foi assistido no local por dois elementos daquela corporação, apoiados por uma ambulância e pela VMER de Barcelos.

Continuar a ler

Barcelos

Câmara de Barcelos comparticipa fichas de trabalho dos alunos do 1.º ciclo

Medida tem um valor estimado de 100 mil euros

em

Foto: CM Barcelos

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou a comparticipação das fichas de trabalho de Língua Portuguesa, Matemática e Estudo do Meio aos alunos do 1º ciclo (1º ao 4º ano de escolaridade) das escolas do concelho, para o ano letivo 2019/2020. Esta medida tem um valor estimado de 100 mil euros e insere-se nas prioridades do executivo municipal na ajuda às famílias no âmbito da educação.

Para usufruir deste apoio, os encarregados de educação deverão levantar uma credencial no Agrupamento de Escolas respetivo, emitida pelo Município e, na posse desse documento, poderão levantar os materiais em qualquer livraria que, por sua vez, enviará ao Município as credenciais recebidas acompanhadas de fatura para serem pagas.

Ainda no âmbito da educação, o executivo municipal aprovou um subsídio no valor de 2.500 euros ao Agrupamento de Escolas Gonçalo Nunes como comparticipação nas atividades das comemorações dos 50 anos desta escola.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares