Seguir o O MINHO

SC Braga

“Nunca na história do Braga alguém tinha apostado num treinador de formação”

Abel Ferreira venceu a Libertadores pelo Palmeiras

em

Foto: Divulgação / Palmeiras

O treinador Abel Ferreira tornou-se este sábado no segundo português a conquistar a Taça Libertadores de futebol, no comando técnico dos brasileiros do Palmeiras. Na conferência de imprensa, o técnico ex-Braga lembrou dos clubes que passou pela sua carreira, e agradeceu a António Salvador, presidente dos bracarenses.

“A primeira coisa de que me lembrei foi da minha família e depois do primeiro título que ganhei, em 2011, pelos juniores do Sporting. Foi ali que tudo começou. Por isso agradeço a todos os jogadores que treinei, de forma muito especial a estes”, começou o treinador.

“Não me posso esquecer dos juniores do Sporting, dos da equipa B do Sporting, da equipa B e A do Braga, onde fizemos trabalho extraordinário. E do presidente do Braga, que me deu a oportunidade. Nunca na história do Braga alguém tinha apostado num treinador de formação, que não tinha feito nada na primeira divisão. Agradeço também ao dono do PAOK, que pagou uma fortuna para eu ir para lá sem nenhum título e que me vendeu porque eu pedi para que me deixasse vir para aqui”, mencionou.

O jovem treinador, de 42 anos, chegou no final de outubro de 2020 ao ‘verdão’, sucedendo a Vanderlei Luxemburgo, depois de ter iniciado a segunda temporada no PAOK, ser vice-campeão grego e de eliminar o Benfica na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, naquela que estava a ser a sua primeira experiência no estrangeiro.

https://twitter.com/Palmeiras/status/1355656747063586817?s=09

Abel Ferreira, que sucede a outro treinador português, Jorge Jesus, que ganhou pelo Flamengo na anterior edição, como vencedor da Taça dos Libertadores, chegou a Braga para treinar a equipa B em 2014/15.

O técnico assumiu em definitivo o comando técnico da equipa principal na parte final da época de 2016/17.

Populares