Número de brasileiros em Portugal volta a crescer e bate recorde

Imigrantes

Nunca houve tantos brasileiros em Portugal como atualmente. Segundo os números do Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilo (RIFA), do SEF, que será divulgado na semana que vem, já existem quase 184 mil imigrantes daquele país. Cerca de 100 mil vieram apenas de 2016 para cá.

Os dados foram obtidos pelo blogue Portugal Giro, do jornal O Globo. O número de brasileiros registados no país em 2020 é de 183.993, um aumento de cerca de 22% em relação ao ano anterior. Recorde-se também que a comunidade do “país-irmão” é a maior entre os estrangeiros em solo luso.

O número real será ainda maior, uma vez que os brasileiros com cidadania portuguesa ou outro país da União Europeia, e os estrangeiros em situação irregular não entram nas contas.

A evolução dos números mostra que 2017 foi o ano do início da vaga de emigração. Em 2010, eram cerca de 119 mil brasileiros em Portugal, número que diminuiu até aos mais de 81 mil em 2016. A partir do ano seguinte, o aumento foi sempre a crescer. Ou seja, nos últimos cinco anos, o número mais do que dobrou.

Segundo Gian Amato, jornalista do blogue Portugal Giro, as principais causas são as crises sanitária e política no país, além da busca por mais segurança e acessos a serviços públicos de qualidade à família. E o perfil inclui milionários com vistos gold e brasileiros dispostos a recomeçar a vida fora das suas áreas de formação.

Em Braga, por exemplo, segundo estimativa da Câmara Municipal em 2019, pelo menos 10 mil brasileiros tinham chegado à cidade nos três anos anteriores.

Situação que já “mexe” com a cidade politicamente e culturalmente. A Associação UAI, por exemplo, criada pela mineira Alexandra Gomide para auxiliar brasileiros principalmente na integração, completou três anos. Na cerimónia de celebração, o presidente da Câmara, Ricardo Rio, o vereador Altino Bessa, e outros, receberam os seus títulos de sócios beneméritos.

A UAI também promoveu, em 2019, a primeira edição do “Dia do Brasil“, que juntou milhares de pessoas na Praça da Ponte.

Em 2020, pouco antes da pandemia, aconteceu a primeira edição do Minho de Janeiro, primeiro bloco de Carnaval tipicamente brasileiro de Braga. Este ano, os festejos ocorreram de forma online.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Vítor Paulo Pereira concorre a último mandato em Paredes de Coura e defende AdAM

Próximo Artigo

Eurodeputados adotam posição negocial sobre regras do Céu Único Europeu

Artigos Relacionados
x