Seguir o O MINHO

Braga

Braga: Relação confirma ida a julgamento de gangue que assaltou vivendas e banco Santander

Caso do assalto a vivendas e ao Santander

em

Foto: DR / Arquivo

Confirmada a ida a julgamento. O Tribunal da Relação de Guimarães rejeitou, quinta-feira, um pedido de escusa da juíza do Tribunal de Instrução de Braga de um dos membros do gangue com dez membros que assaltou várias vivendas no Minho e furtou 4,2 milhões de euros em dinheiro e bens em 52 cofres no banco Santander, em Braga.

A decisão valida, assim, a que foi tomada, há dias, pelo Tribunal de Instrução.

Nove dos arguidos, todos homens, estão pronunciados pelos crimes de associação criminosa e furto qualificado, enquanto que o nono, uma mulher, responderá, apenas, por furto qualificado.

No debate instrutório, a juíza rejeitou o pedido de adiamento da decisão instrutória feito pelo advogado Fernando Moura, o qual defendeu que haveria que esperar pela decisão do Tribunal da Relação sobre um incidente de recusa de juiz feito há dias. A não ser, assim, disse, “será nula a decisão instrutória”.

Na acusação, o MP considerou como mentor da “associação” o arguido Joaquim Marques Fernandes (de Braga) que criou o gangue com Vítor Manuel Martins Pereira (de Vila do Conde), Luís Miguel Martins de Almeida (Braga) e Rui Jorge Dias Fernandes (Braga).

O caso envolve o agente da PSP Carlos Alberto Alfaia da Silva, de Ponte de Lima, que dava informações, a troco de dinheiro, sobre quais as casas a assaltar.

Engloba, ainda, Paulo Sérgio Martins Pereira, (irmão do Vítor), de Famalicão, Mário Marques Fernandes, de Braga, André Filipe Pereira, de Famalicão, Manuel Oliveira Faria, de Braga, e Cristiana Guimarães.

O bando atuou “desde 2017 até junho de 2018, em Braga, Viana do Castelo, Ponte de Lima e Arcos de Valdevez”. Utilizava recursos tecnológicos sofisticados, como inibidores de telecomunicações, de alarmes, e até para neutralizar cães.

Anúncio

Braga

Braga ao rubro com David Carreira

Taça da Liga

em

Foto: Divulgação / CM Braga

Milhares de pessoas lotaram a tenda armada na Praça do Município para assistir ao concerto de David Carreira, este sábado à noite, no centro de Braga.

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Inserido na programação da Final Four da Taça da Liga, o espetáculo contou ainda com a participação da banda do antigo guarda-redes Hélton, embaixador da Liga Portugal, organizadora da prova e de toda a animação adjacente.

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Este domingo, dia que antecede o do primeiro encontro da Final Four (SC Braga – Sporting CP), ficará marcado pela presença do influenciador Pedro Tim, na Tenda do Adepto presente na Fan Zone, situada na Avenida Central.

Para além desta presença, que atrai a curiosidade de muitos jovens fãs do jogo, este vai ser um dia marcado pelos matrecos humanos, a partir das 17:00, e do torneio interescolas, a decorrer todo o dia.

Continuar a ler

Braga

Morre meia hora depois de ter alta das urgências em Braga

Drama em Braga

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Um homem, com cerca de 70 anos, morreu vítima de um ataque fulminante 30 minutos depois de ter saído do Hospital de Braga com alta.

Segundo a edição impressa deste domingo do Jornal de Notícias, a vítima, Albano Pereira, chegou ao hospital, pouco passava das 09:00 horas do passado dia 04 de janeiro de 2020.

Queixava-se de dores na perna, numa virilha, para além de enjoos, segundo conta a família. Apesar de ter um historial médico de problemas cardíacos, com enfartes e AVC’s, o homem recebeu alta médica cerca das 12:30.

O médico que o atendeu terá dito que se tratava de dor ciática.

Chegado a casa, na companhia da família, o homem acabou por perder a vida num ataque fulminante, relata a mulher, Maria Alice.

A família responsabiliza agora a unidade hospitalar e já foi aberto um inquérito por parte do Ministério Público.

Continuar a ler

Braga

Escapam da morte ao capotar em ribanceira na variante em Braga

Em Ferreiros

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Dois jovens, de 21 e 24 anos, sofreram ferimentos na sequência de um despiste seguido de capotamento, esta madrugada, em Ferreiros, cidade de Braga, apurou O MINHO no local.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O acidente deu-se na Circular Norte de Braga, sentido Norte-Sul, junto ao hipermercado E.Leclerc de Ferreiros.

Um Renault Mégane embateu no rail de proteção, percorreu cerca de 40 metros em despiste numa ribanceira e acabou por capotar num riacho.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O alerta foi dado às 03:52, segundo fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, mobilizando doze operacionais e quatro viaturas dos Bombeiros Sapadores de Braga, incluindo viatura de desencarceramento.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A VMER de Braga deu apoio médico, considerando os ferimentos como “ligeiros”.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

As vítimas foram transportadas para o Hospital de Braga. PSP e GNR registaram a ocorrência.

Continuar a ler

Populares