Seguir o O MINHO

Braga

Nova ambulância reforça capacidade de resposta da Cruz Vermelha de Rio Caldo

Terras de Bouro

em

Foto: Marco Soares

A Delegação da Cruz Vermelha de Rio Caldo conta com uma nova ambulância para reforçar a capacidade de resposta para as situações de emergência que têm vindo a aumentar com a cada vez maior procura do Gerês.

“A partir de agora, passamos a contar com três ambulâncias de emergência. Há mais uma ambulância, portanto há mais uma equipa disponível para avançar”, realça a O MINHO o coordenador da Cruz Vermelha de Rio Caldo, Jacob Alves.

“É uma ambulância nova, com todo o equipamento necessário, inclusivamente com desfibrilhador automático externo, que agora passamos a ter em duas ambulâncias”, acrescenta o coordenador.

Quedas e doenças de turistas no Gerês obrigam INEM a criar posto de emergência médica

A cerimónia de inauguração aconteceu no domingo com a presença dos responsáveis da Junta de Rio Caldo e da Câmara de Terras de Bouro, entidades que comparticiparam a compra da viatura.

“Houve uma contribuição da Câmara, da Junta e de beneméritos anónimos. A ajuda foi boa. Mesmo assim a nossa delegação teve que pôr 32 mil euros para conseguir comprar ambulância, que custa 56 mil euros”, refere Jacob Alves.

O aumento da capacidade de resposta da Cruz Vermelha de Rio Caldo também irá aumentar nos próximos tempos devido ao início de uma nova escola de socorristas no final do mês.

“Vamos começar uma nova escola socorrista com mais 12 socorristas no dia 25 de setembro”, adianta Jacob Alves.

Recorde-se que, em agosto deste ano, e tendo em conta o aumento de ocorrências no Gerês, o INEM criou nas instalações da Cruz Vermelha de Rio Caldo um posto de emergência médica ativo durante 24 horas para socorrer quem se encontre em apuros.

Populares