Seguir o O MINHO

Região

Norte com época balnear prolongada, exceto em 10 praias de Póvoa e Vila do Conde

Até 13 de setembro

em

Praia de Moledo. Foto: Turismo Porto e Norte

A época balnear prolonga-se até 13 de setembro em 86 praias do Norte, enquanto 10 outras deixam hoje de ser qualificadas como praias de banhos, ficando sem assistência a banhistas, indica uma portaria consultada hoje pela agência Lusa.


Em causa está o anexo I da portaria n.º 207-A/2020, de 28 de agosto, dos ministérios do Ambiente e da Defesa Nacional, que ajusta o calendário da época balnear sobretudo no litoral Norte do país.

De acordo com o anexo, as praias de mar de Santo André (na Póvoa de Varzim), Árvore, Mar e Sol, Olinda, Mindelo, Laderça, Congreira, Terra Nova, Vila Chã e Pocinho (em Vila do Conde) deixam de ser qualificadas como praias de banhos no período compreendido entre hoje e 13 de setembro, não sendo assegurada a assistência a banhistas.

Época balnear em Esposende, Viana e Caminha prolongada até 13 de setembro

Mantêm-se a funcionar em pleno até 13 de setembro 14 praias de Viana do Castelo e Caminha, bem como sete em Esposende.

No distrito do Porto continuam qualificadas para banhos 59 praias, repartidas pelos municípios do Porto, Póvoa de Varzim, Matosinhos, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia.

Mantêm-se ainda qualificadas para banhos seis em Espinho, já no distrito de Aveiro.

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, já tinha adiantado que iria prolongar o funcionamento de praias de banho, em resposta a pedidos de autarquias.

Anúncio

Ave

Homem baleado encontrado morto dentro do carro em Famalicão

Outiz

em

Foto: DR

Um homem, com cerca de 50 anos, foi encontrado sem vida ao final da tarde desta sexta-feira, em Famalicão, com sinais de disparo de arma de fogo.

Ao que apurou O MINHO, a hipótese de se tratar de crime não está descartada, encontrando-se no local elementos da GNR e da PSP, enquanto aguardam chegada de equipa especializada da Polícia Judiciária para saber o que terá acontecido.

O homem foi encontrado na estrada que liga Outiz a Vilarinho das Cambas por populares dentro da viatura e a arma que, alegadamente, terá sido disparada contra o homem, também já foi recuperada.

Os Bombeiros Famalicenses recolheram o cadáver para o gabinete-médico legal do IML.

A hipótese de suicídio acaba por ser a mais forte, mas apenas as perícias da Judiciária poderão esclarecer se houve crime.

Continuar a ler

Região

Atenção Viana, Caminha e Esposende: Ondas até cinco metros junto à costa

Agitação marítima

em

Foto: DR

Toda a costa do Minho está, neste sábado, sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Viana do Castelo e Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro vão estar sob aviso amarelo entre as 00:00 horas até às 17:00 de sábado, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

As barras marítimas de Viana do Castelo, Esposende, Póvoa do Varzim, Vila do Conde, Douro, Aveiro, Figueira da Foz e Lagos estão condicionadas.

O aviso amarelo aplica-se a situações de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Mais informação sobre os avisos no portal do IPMA (ver aqui).

Continuar a ler

Viana do Castelo

Câmara de Viana oferece vacina a 400 trabalhadores para prevenir gripe sazonal

Gripe

em

Foto: Ilustrativa (Arquivo)

A Câmara Municipal de Viana do Castelo está a vacinar 400 trabalhadores para prevenir a gripe sazonal, foi hoje divulgado.

Em comunicado, a autarquia informou que irá “promover a vacinação junto de todos os funcionários que demonstraram interesse em receber a vacina da gripe, tendo já iniciado a campanha preventiva com os trabalhadores de risco”.

O centro cultural de Viana do Castelo está a funcionar como unidade de vacinação para a gripe sazonal, para os utentes das freguesias de Santa Maria Maior e Monserrate.

Também esta semana foi iniciada a campanha de vacinação nas Juntas de Freguesia do concelho, para “aliviar a pressão sobre os centros de saúde”, sendo que a vacina é “sempre administrada pelas equipas de enfermagem da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM)”.

Continuar a ler

Populares