Seguir o O MINHO

Braga

Nem a chuva interrompe ação da Polícia Municipal de Braga

Operação na Zona 30 de Lamaçães, onde continua a haver estacionamento abusivo

em

Foto: O MINHO

A Polícia Municipal de Braga reforçou com mais e melhores métodos a sua ação nas ruas do concelho de Braga, não apenas nas áreas citadinas, mas também nas zonas rurais, que se acentuou na pandemia covid-19, desdobrando-se, em diversas atividades preventivas e apoio aos cidadãos, colaborando estreitamente com a GNR e a PSP, nas suas atividades, mesmo debaixo de chuva, conforme constatou hoje O MINHO.

Com o agravar da pandemia, a intervenção desta força policial tem sido mais notória no controlo e evitar de ajuntamentos na via pública, na fiscalização do uso de máscaras de proteção e no funcionamento dos estabelecimentos comerciais, numa lógica de “complemento” do trabalho das outras forças de segurança, como a GNR e PSP.

Esta quinta-feira, O MINHO acompanhou uma operação da Polícia Municipal de Braga na Zona 30 de Lamaçães, onde após harmonização daquela área habitacional, de serviços e comercial, os estacionamentos continuam a ser abusivos, desrespeitando a sinalética, ao mesmo tempo que impedem, muitas vezes, a recolha do lixo doméstico, colocando assim em causa a saúde pública, como também obstruindo a intervenção de veículos de socorro.

Foto: O MINHO

Paulo Barroso é um dos três coordenados da Polícia Municipal. Foto: O MINHO

Foto: O MINHO

Foto: O MINHO

Foto: O MINHO

“Esta nossa intervenção, que é frequente também em outras zonas do concelho, visa em especial impedir e remover o estacionamento em cima do passeio e a paragem de automóveis nas áreas de recolha de lixo, atentando contra a saúde pública, logo nesta fase de pandemia”, refere Paulo Barroso, um dos três coordenadores da Polícia Municipal de Braga.

Aquele graduado da força policial camarária destaca: “Cada vez estamos mais próximos das pessoas, para ajudar e sensibilizar, pois só autuamos aquando de situações extremas, porque o que se pretende sempre é que todos cumpram, com as condições de segurança, em todo Município de Braga, não só na cidade, vamos muitas à zonas rurais”.

Comandada, em comissão de serviço, pelo comissário Leandro Ferreira, da PSP de Braga, a Polícia Municipal de Braga tem três coordenadores, que são para além de Paulo Barroso, Nuno Ribeiro e Álvaro Lezon, trabalhando sempre ao longo de três turnos ininterruptos, com meia centena de agentes, apoiados por sete viaturas, reforçadas com mais seis motos.

Populares