Seguir o O MINHO

Alto Minho

Nasceu no Minho o primeiro santo português

É feriado em Valença

em

São Teotónio. Foto: DR

Faz hoje 860 anos que morreu São Teotónio, reformador religioso nascido há 940 anos em Ganfei, no concelho de Valença. E é também hoje que a cidade raiana celebra o seu feriado municipal, em homenagem ao primeiro santo português.

As cerimónias dos 860 anos da morte daquele que foi um dos conselheiros de D. Afonso Henriques, arrancaram ontem, com a apresentação do Livro “Gastronomia de Valença” de João Guterres.

Esta sexta-feira, prosseguem com os “tradicionais atos dedicados aos valores e identidade valenciana” e terminam nos dias 19 e 20 com o fim de semana gastronómico onde é dado a provar o “Bacalhau à S. Teotónio”, que decorre nos restaurantes aderentes do concelho.

Hoje, a missa das 09:45 é celebrada pelo bispo de Viana, João Lavrador, e decorre na sede da Junta de Freguesia de Ganfei, de onde o santo era natural.

Este ano o município vai atribuir a Medalha de Mérito Municipal à Academia de Música da Fortaleza de Valença, aos profissionais do Centro de Saúde de Valença e à atleta Joana Morgado, anunciou a autarquia, em comunicado.

Fonte: CM Valença

Sobre São Teotónio, a autarquia refere que foi “para Portugal o primeiro santo, para a cristandade o padroeiro dos cristãos escravizados, para Valença a figura maior, para os tempos da nacionalidade o homem que deu força espiritual à fundação do país”.

Nasceu em 1082 na freguesia de Ganfei e faleceu em Coimbra a 18 de fevereiro de 1162. Celebrado como o reformador da vida religiosa, conhecido como padroeiro dos cristãos escravizados, por ter amparado 1000 moçárabes, capturados numa incursão à Andaluzia por D. Afonso Henriques.

EM FOCO

Populares