“Não podemos sustentar gente desta. Temos bancos falidos para pagar”

Humorista comenta com ironia “despejo” de sem-abrigo.

A situação de João Dias, um sem-abrigo que construiu uma barraca debaixo da ponte de Lanheses, em Geraz do Lima, e corre o risco de ser despejado, não escapou ao humorista Eduardo Madeira que comentou a situação com ironia na rede social Facebook.

“Bandido. A viver à grande debaixo da ponte. Acho bem que a GNR o multe. Não podemos sustentar gente desta. Temos bancos falidos para pagar”, ironizou uma das figuras do programa “Donos Disto Tudo”, da RTP.

A Infraestruturas de Portugal (IP) fez um pedido de despejo, que resultou na identificação do sem-abrigo pela parte da GNR e na futura desocupação do espaço por ele ocupado.

A publicação de Eduardo Madeira conta já com mais de 2000 “gostos” e foi partilhada naquela rede social por mais de 500 pessoas. Entre os mais de 200 comentários, uma seguidora incita o humorista a “reunir os artistas fazer um evento de variedades e a receita reverte toda a favor deste senhor”.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Vitória do Vitória (acabou-se a história)

Próximo Artigo

Autarquia de Mondim de Basto transferiu 440 mil euros para as associações locais

Artigos Relacionados
x