Redes Sociais

“Não há jogadores intransferíveis” no Vitória

Desporto

“Não há jogadores intransferíveis” no Vitória

Os sócios do Vitória de Guimarães aprovaram este sábado por larga maioria o orçamento do clube para 2015/16 numa Assembleia Geral (AG) em que o presidente, Júlio Mendes, disse não existirem jogadores intransferíveis.

Os responsáveis vitorianos esperam um resultado líquido negativo de cerca de 400 mil euros na próxima época no que respeita ao clube e que inclui a formação do futebol, modalidades e gestão das piscinas (SAD do futebol profissional à parte).

No final da AG, Júlio Mendes disse que o orçamento para o futebol será semelhante ao da época passada porque, lembrou, o Vitória continua sem poder “entrar em aventuras”.

“Nem nós, nem os outros clubes no cenário do futebol português”, reforçou.

O dirigente frisou a importância de chegar à fase de grupos da Liga Europa, o que representaria “algum desafogo” financeiro, e revelou ter recusado algumas propostas por alguns atletas por causa desse objetivo, mas notou que “não há jogadores intransferíveis”, informando que existem vários clubes interessados em Bernard.

O Vitória de Guimarães aproveitou para felicitar o atleta do clube Rui Bragança, que recentemente conquistou a medalha de ouro na competição de taekwondo em -58kg dos I Jogos Europeus, e os sócios votaram ainda favoravelmente a constituição do novo Conselho Vitoriano, órgão consultivo do Vitória.

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Desporto