Músico de Vieira do Minho integra orquestra que fez banda sonora de Harry Potter e Star Wars

Foto: DR / Arquivo

Sérgio Pires, músico natural de Vieira do Minho, foi recentemente designado como “Clarinete Principal” na prestigiada London Symphony Orchestra.

Esta é uma das mais reconhecidas orquestras do mundo, que no portefólio tem a produção de bandas sonoras para o cinema. Harry Potter, Star Wars e Indiana Jones são algumas das famosas películas com quem a orquestra inglesa trabalhou.

O músico Sérgio Pires nasceu na Suíça, mas, aos oito anos, mudou-se para Portugal. Natural de Vieira do Minho, ingressou aos 12 anos na “Academia de Música Valentim Moreira de Sá”, em Guimarães.

Completou os estudos na ‘cidade berço’, para depois se mudar para Basileia, na Suíça, cidade onde concluiu o mestrado em “Performance Solista” com grande distinção, em 2018. Foi professor assistente na Universidade do Minho, em 2019, e também na universidade de música suíça, onde estudou – Hochschule für Musik.

O jovem de 28 anos é detentor de dezenas de prémios internacionais, sendo considerado um dos mais promissores clarinetistas da sua geração.

Em entrevista à London Symphony Orchestra, publicada na terça-feira, Sérgio Pires revela que o clarinete nem foi a sua primeira opção. Quando se mudou para Portugal, aos oito anos, os pais colocaram-nos numa banda filarmónica local e sua opção foi pelo trompete. Só que, naquele momento, a maior necessidade do grupo era de clarinetes, pelo que Sérgio Pires aceitou a mudança de planos. “E agora estou feliz por me terem feito mudar”, diz.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Português detido na Namíbia por pesca ilegal em barco angolano

Próximo Artigo

Caminha quer pôr famílias a viver em casas florestais na Mata do Camarido

Artigos Relacionados
x