Município de Fafe promove rastreio de diabetes

O Município de Fafe vai assinalar o Dia Mundial da Diabetes, na próxima terça-feira, 14 de novembro, com vários pontos de rastreio de risco da diabetes no concelho.

Os interessados em preencher o questionário poderão fazê-lo no edifício da Câmara Municipal de Fafe ou nas Piscinas Municipais. Esta ação vai realizar-se também na CERCIFAF, na Santa Casa da Misericórdia e em vários centros de convívio.

O CCSDT – Centro Cultural e Social de Trabalhadores da Câmara Municipal – alia-se também a esta ação, podendo todos os seus associados realizar o rastreio na aula de Zumba. Na dia seguinte, quarta-feira, estender-se-á na Loja Interactiva de Turismo e também à iniciativa ‘Fafe a Correr’, onde todos os participantes poderão fazer o seu rastreio meia hora antes do início da corrida.

Recorde-se que a Federação Internacional da Diabetes calcula que o número de pessoas com diabetes em todo o mundo é 387 milhões, o que constitui aproximadamente 8,5% da população adulta. O relatório de Saúde da OCDE de 2014 apontou Portugal como o país da Europa com a mais alta taxa de prevalência de diabetes, 13% da população com idade entre os 20 e os 79 anos. Mais de 1 milhão de portugueses tem diabetes e, destes, um pouco menos de metade desconhece ter a doença, que progride silenciosa.

“Este ano, vamos assinalar o Dia Mundial da Diabetes com um conjunto de rastreios em vários pontos do concelho que vão permitir à população perceber se está ou não em risco. É obrigação do Município empenhar-se na sensibilização e consciencialização para os riscos e perigos da Diabetes, uma doença crónica, cujo aumento da incidência tem sido constante. Se não houver um programa integrado de intervenção dirigido à mudança dos hábitos de vida e à identificação dos indivíduos em risco, haverá um aumento considerável, colocando em risco um grande número de pessoas”, disse Raul Cunha, presidente da Câmara.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

GNR deteve dois homens por furto em interior de residência na Póvoa de Lanhoso

Próximo Artigo

Município de Braga passa a receber processos em formato digital

Artigos Relacionados
x