Município de Braga assinala Património Barroco

De forma a assinalar o património histórico, cultural e religioso patente na cidade de Braga, o Município avançou para a sinalização e identificação do património barroco em Braga.

Treze edifícios receberam uma sinalização histórica, bilingue, que permite agora, a todos quantos visitam a cidade obter um maior conhecimento sobre este património e sobre cada edifício em particular.

Para Miguel Bandeira, vereador do Património do Município de Braga, esta iniciativa insere-se numa estratégia de desenvolvimento do território, assente na valorização do legado patrimonial.

“Trata-se de mais uma oportunidade de promoção turística da região, fomentando a identidade de Braga, cidade onde o Barroco é uma peça incontornável”, afirmou.

Esta iniciativa tem como objetivo favorecer a visibilidade desses mesmos locais de valor excecional, divulgando a sua história. Miguel Bandeira sublinhou que esta sinalética identificativa de algumas das principais referências de arquitectura barroca “vem na sequência do mesmo projeto iniciado com a Braga Romana e visa potenciar o nível de informação e o valor turístico internacional do barroco bracarense”.

“O objetivo é chamar a atenção para a permanente novidade que o património cultural encerra, sempre atualizado através de novo conhecimento, novos olhares e novas interpretações”, garantiu Miguel Bandeira.

Os locais sinalizados são:

1. Igreja do Antigo Convento do Carmo

 2. Igreja de S. Paulo

3. Capela de S. Sebastião

4. Sé Primaz

 5. Igreja de S. Vicente

 6. Igreja do Antigo Convento do Salvador (Asilo Conde de Agrolongo)

 7. Igreja da Penha

 8. Asilo de S. José

 9. Arcada da Lapa

 10. Casa dos Crivos

 11. Arco da Porta Nova

12. Igreja dos Terceiros

13. Palácio dos Biscainhos

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Ponte de Lima descontente com criação de turmas mistas em escolas do concelho

Próximo Artigo

Barcelos: Theatro Gil Vicente recebe o 28º Festival de Teatro

Artigos Relacionados
x