Seguir o O MINHO

Guimarães

Multinacional vende empresa de fiação a empresária de Guimarães

MoreTextile

em

Foto: DR / Arquivo

A multinacional MoreTextile, cujo acionista principal é o Fundo de Recuperação detido pela ECS Capital, anunciou hoje que vendeu a sua atividade de fiação a uma empresária de Guimarães para se focar na produção de “felpos e roupa de cama”.

Em comunicado, o grupo – constituído em 2011 através da consolidação da JMA Felpos, António Almeida & Filhos e Coelima – refere ter estabelecido um acordo de parceria com a empresária Maria de Belém Machado “em linha com o objetivo estabelecido de focar-se na produção de felpos e roupa de cama”, não referindo os valores do negócio.

A Tearfil Textile Yarns dedica-se à produção e comercialização de fios têxteis desde a sua fundação, em 1973.

A sua atividade foi desenvolvida pelo Grupo MoreTextile com o objetivo de a tornar numa referência no seu setor, contando hoje com cerca de 300 clientes e 200 colaboradores, refere.

A empresa gera um volume de negócios de 12 milhões de euros, dos quais 12% resultantes de exportações.

De acordo com o grupo, nos últimos anos, a empresa recebeu “diversas demonstrações de interesse” na aquisição deste negócio não estratégico do grupo, sendo esta a mais interessante, pois “além de reconhecer o valor criado permite continuar a desenvolver a Tearfil”.

“Esta aquisição permitirá capturar sinergias e potenciar o valor acrescentado desta unidade, garantindo os postos de trabalho e o investimento no seu desenvolvimento”, refere ainda o grupo, acrescentando que a Tearfil manterá a sua autonomia, de forma a potenciar a sua flexibilidade e agilidade, com benefícios para os clientes e parceiros.

Populares