Seguir o O MINHO

Barcelos

Encontrada sem vida mulher de Barcelos desaparecida durante as Feiras Novas

Idosa de 72 anos sofria de Alzheimer

em

Foto: António Sousa Ferraz / Facebook

A mulher de 72 anos que estava desaparecida desde domingo em Ponte de Lima, foi hoje encontrada morta, disseram à Lusa fontes da GNR e da Proteção Civil.

“Podemos confirmar que a vítima foi encontrada já cadáver. O corpo foi detetado por um cidadão que estava a bordo de uma embarcação no rio Lima e que já tinha conhecimento do desaparecimento da mulher”, afirmou fonte da GNR.

Foto: DR

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo confirmou à Lusa que a mulher foi encontrada sem vida, na freguesia de Ribeira.

“A vítima, que estava desaparecida desde o dia 08 de setembro [domingo], foi encontrada já cadáver”, afirmou.

Segundo a GNR, a Polícia Judiciária foi chamada ao local e tomou conta da ocorrência.

A mulher desapareceu durante as Feiras Novas, festividades do concelho de Ponte de Lima, que decorreram entre os dias 04 e 09 e terá sido vista pela última vez na Avenida dos Plátanos, em pleno centro da vila, junto ao rio Lima.

 

Notícia atualizada às 22h49 com mais informações.

Anúncio

Barcelos

Pais fecham jardim-de-infância a cadeado em Barcelos

Reclamam um parque infantil e mais árvores

em

Foto: Associação de Pais do JI de Negreiros

Os pais dos alunos do Jardim-de-Infância de Negreiros, em Barcelos, fecharam, esta segunda-feira, a escola a cadeado, em protesto contra a “completa falta de condições” do recinto exterior.

O presidente da Associação de Pais, António Campos, disse à Lusa que, na prática, as crianças têm de passar todo o ano letivo “fechadas nas salas”.

“No espaço que deveria ser de recreio, não há absolutamente nada. Nem um simples escorrega. As crianças não têm como se divertir”, referiu.

Disse ainda que o piso exterior “é irregular”, tendo já uma “inspeção” aconselhado a que as crianças “não andem por lá, por razões de segurança”.

“É uma completa falta de condições”, afirmou.

Disse que em 2017, a câmara adiantara que o projeto para a intervenção no exterior estava a ser elaborado e que foi garantido o início das obras para as férias de verão de 2018.

No entanto, sublinhou, “até à data, nada”.

Os pais fecharam hoje a escola a cadeado, que foi retirado após a deslocação da GNR ao local.

No entanto, garantem que o protesto é para continuar até que a câmara “dê garantias” quanto à realização das obras.

Contactada pela Lusa, fonte da câmara disse que o projeto de intervenção “está em vias de conclusão”.

Acrescentou que o projeto foi objeto de revisão, para incluir obras de manutenção no edificado, nomeadamente, no telhado.

“À semelhança de outras intervenções no parque escolar, a obra avançará logo que haja disponibilidade financeira”, refere ainda o município.

 

Notícia atualizada às 14h18 com mais informação.

Continuar a ler

Barcelos

Bebé de um ano entre cinco feridos após acidente em Barcelos

Em Feitos (EN 103)

em

Urgências Hospital Barcelos. Foto: O MINHO (Arquivo)

Uma colisão rodoviária a meio da manhã deste domingo provocou ferimentos ligeiros em cinco pessoas, entre as quais um bebé com cerca de um ano de idade, apurou O MINHO junto de fonte dos Bombeiros de Barcelos.

O sinistro ocorreu na Estrada Nacional 103, na freguesia de Feitos, com o alerta a ser dado pelas 10:21, segundo informações recolhidas junto do Comando Distrital de Operações e Socorro de Braga.

As vítimas foram transportadas para o Hospital de Barcelos pelos Bombeiros de Barcelos, que estiveram no local da ocorrência com três ambulâncias.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Barcelos

Estradas cortadas, casas e vacarias ameaçadas devido a incêndio em Barcelos

em

Fotos: O MINHO

O incêndio que lavrou em zona florestal de Alvelos, Barcelos, desde as 15:15 deste sábado, está, pelas 19:30, dominado e em fase de rescaldo, depois de ter motivado o corte de uma estrada municipal [EM 505] que liga Alvelos a Remelhe por parte da GNR.

Foto: O MINHO

Houva também casas e vacarias a ser alvo de proteção das autoridades e de populares, devido ao risco do incêndio alastrar-se para zona habitacional.

O combate que inicialmente contava com 10 bombeiros e um helicóptero foi reforçado com mais 43 bombeiros e outro meio aéreo.

Foto: O MINHO

Fonte dos Bombeiros de Barcelos disse a O MINHO que chegaram a existir casas e vacarias em risco.

Fonte: Fogos.pt

Fonte: Fogos.pt

Fonte: Fogos.pt

Pelas 16:45, estavam 53 bombeiros, 15 viaturas e dois meios aéreos no combate às chamas.

Fonte do Comando Distrital de Operações e Socorro de Braga disse a O MINHO que o incêndio encontra-se dominado e em fase de rescaldo.

Notícia atualizada as 19:31

Continuar a ler

Populares