Seguir o O MINHO

Braga

Mostra de presépios movimenta toda a população em freguesia de Braga

Catorze presépios em exposição

em

Fotos: DR

O salão da Junta de Freguesia de Este (S. Pedro e S. Mamede), em Braga, é pequeno para receber a 8ª edição do Concurso/Mostra de Presépios promovido pela Casa do Povo de Este. Entre participações individuais e coletivas, esta mostra contou com 14 presépios.

A Mostra de Presépios da Casa do Povo de Este soma mais um ano de atividade, voltando a contar com a participação de várias associações e da própria população de Este (S. Pedro e S. Mamede).

Na categoria das participações coletivas, o Jardim de Infância do Centro Social de Soutelo mereceu o primeiro lugar. A título individual, o primeiro lugar foi para Mauricio´s.

Nádia Almeida, representante da Direção da Casa do Povo de Este, explica que a iniciativa tem como objetivo promover um momento de convívio entre todos os participantes.

“Esta mostra de presépios é já a oitava edição e envolve a população local, mas também várias associações, a própria Junta de Freguesia de Este – representada pelo presidente Manuel Carvalho –, as nossas crianças do CATL e os próprios pais. O objetivo desta iniciativa passa por preservar a nossa cultura, mas também por juntar a comunidade, promovendo um momento de convívio, de ajuda e de cooperação entre todos os participantes e entidades da freguesia”, explicou Nádia Almeida, representante da Direção da Casa do Povo de Este.

Manuel Carvalho, presidente da Junta de Freguesia de Este (São Pedro e São Mamede), marcou presença neste evento e elogiou o trabalho desenvolvido pela Casa do Povo de Este.

“Esta excelente mostra de presépios, que já conta com oito edições, tem vindo a crescer de ano para ano. Trata-se de uma iniciativa que envolve várias pessoas, várias associações, que juntas cumprem uma bonita tradição. A Junta de Freguesia continua por isso ao lado da Casa do Povo de Este, à semelhança do que tem vindo a acontecer com todas as associações que desenvolvem um trabalho meritório em prol de São Pedro e São Mamede”, disse o presidente.

Braga

Bombeiros de Terras de Bouro colocam ambulância no Gerês para socorro mais rápido

Suporte Básico de Vida

Foto: DR

Os Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro deslocaram para a vila do Gerês uma ambulância, do tipo SBV – Suporte Básico de Vida, com equipamento de suporte básico de vida para acorreram mais rapidamente a qualquer doença ou sinistro que ocorra na zona.

O comandante José Amaro adiantou a O MINHO que a viatura, que pertence ao INEM, está, ainda, equipada com um desfribilhador, e conta com uma equipa de duas pessoas, uma delas um técnico especializado em primeiros socorros.

“As ambulâncias do quartel em Terras de Bouro tinham de percorrer 25 quilómetros, em estradas de montanha para acorrerem a qualquer acidente no Gerês”, salientou, sublinhando que, no verão, a zona tem muita população e é procurada por milhares de turistas, sendo, de algum modo, frequentes os acidentes em cascatas, na estrada, em trilhos, em rios ou barragens.

O comandante sublinha que a disponibilização da ambulância corresponde, também, a um anseio da Câmara Municipal, cujo presidente Manuel Tibo preside, também, há vários anos, aos Bombeiros Voluntários do concelho.

Continuar a ler

Braga

Idoso que tinha desaparecido em Vila Verde já foi encontrado

Desaparecimento

Foto: DR

Já foi encontrado e está bem o idoso de 80 anos que desapareceu ontem à noite, na avenida da Veiga, entre as freguesias de Oleiros e Lage, no concelho de Vila Verde, confirmou O MINHO junto de fonte da família.

Manuel Peixoto terá saído de casa ontem à noite e não voltou a aparecer, levando a que a família já reportasse o seu desaparecimento às autoridades.

O idoso sofre de alzheimer e diabetes, precisando urgentemente de tomar medicação, incluindo insulina.

Continuar a ler

Braga

Póvoa de Lanhoso garante meios informáticos a todos alunos

Covid-19

Foto: Divulgação / CM Póvoa de Lanhoso (Arquivo)

A câmara da Póvoa de Lanhoso vai apoiar os alunos com equipamento informático e acesso à internet para que” possam acompanhar o ensino à distância”, um investimento superior a 50 mil euros, anunciou hoje a autarquia.

Em comunicado, aquela autarquia explicou que a medida pretende fazer face ao novo modo de ensino determinado pelo Governo face à pandemia causada pelo novo coronavírus.

Os equipamentos serão cedidos aos alunos a título de empréstimo, sendo que a medida abrange mais de 400 estudantes.

“Todos os graus de ensino, do primeiro ao 12º ano, estão contemplados, pelo que nenhum aluno do concelho deixará de frequentar as aulas neste novo modelo, por não ter computador ou internet”, refere o presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Avelino Silva.

Algum deste equipamento (routers, computadores e tablets) já foi entregue ao Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio e ao Agrupamento de Escolas de Póvoa de Lanhoso e, “até ao final da semana, todo o processo estará concluído, com a entrega do restante”, garante a autarquia.

No texto, a autarquia salienta que não é da sua responsabilidade fornecer aqueles equipamentos.

“Apesar de não ser nossa competência, a autarquia jamais permitiria que houvesse alunos excluídos por não terem estes meios. A pandemia veio alterar o modelo de Educação e a Autarquia está a fazer a sua parte para que o sucesso escolar dos nossos jovens, de quem depende o nosso futuro, não seja afetado”, aponta.

Portugal regista 735 mortos associados à covid-19 em 20.863 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente ao dia anterior, há mais 21 mortos (+2,9%) e mais 657 casos de infeção (+3,3%).

Das pessoas infetadas, 1.208 estão hospitalizadas, das quais 215 em unidades de cuidados intensivos, e mantém-se as 610 dadas como curadas.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o decreto presidencial que prolongou a medida até 02 de maio prevê a possibilidade de uma “abertura gradual, faseada ou alternada de serviços, empresas ou estabelecimentos comerciais”.

Continuar a ler

Populares