Seguir o O MINHO

Futebol

Moreirense vence Farense no regresso dos algarvios 18 anos depois

I Liga

em

O Moreirense estreou-se hoje na edição 2020/21 da I Liga de futebol com um triunfo 2-0 na receção ao Farense, num duelo da ronda inaugural que apadrinhou o regresso dos algarvios à elite 18 anos depois.


Em Moreira de Cónegos, os golos de Fábio Abreu (02 minutos) e Pedro Nuno (55) abrilhantaram a primeira aparição oficial na nova época dos minhotos, que se juntam ao quinteto de líderes formado por Benfica, FC Porto, Santa Clara e Belenenses SAD.

Já os ‘leões’ de Faro atuaram em inferioridade numérica desde os 49 minutos, por expulsão direta do guarda-redes Rafael Defendi, e situam-se no fundo da classificação, em conjunto com Vitória de Guimarães, Sporting de Braga, Marítimo e Famalicão.

Ricardo Soares manteve grande parte da estrutura da última temporada e apostou nos reforços Lucas Rodrigues e Pedro Amador, em evidência logo ao segundo minuto, quando serviu o cruzamento rasteiro de Filipe Soares na esquerda para a finalização de primeira de Fábio Abreu, melhor marcador dos minhotos em 2019/20, com 15 tentos.

O arranque auspicioso do Moreirense ainda englobou um remate torto de Pedro Nuno, aos quatro minutos, mas os pupilos de Sérgio Vieira, com cinco caras novas no ‘onze’, equilibraram a luta territorial pela bola e espreitaram o empate aos 10, num cruzamento de Fábio Nunes desviado à barra por Stojiljkovic, embora em posição irregular.

Ao adotarem uma postura conservadora na gestão da vantagem, os ‘cónegos’ viviam das transições finalizadas por Pedro Nuno (28 e 34 minutos), ambas à figura de Rafael Defendi, enquanto se submetiam à pressão alta dos algarvios, que voltaram a abanar os ferros da baliza de Mateus Pasinato, aos 27, numa jogada de Ryan Gauld pela direita.

Até ao intervalo, a dinâmica do Farense traduziu-se em novo remate do médio escocês para as mãos do guarda-redes caseiro, aos 31 minutos, e num ‘tiro’ desenquadrado de Lucca em zona frontal à meia volta, aos 39, antecipando uma etapa complementar de tração ofensiva dos visitantes, mas que, num ápice, se transformou em pesadelo.

Aos 49 minutos, Pedro Nuno aproveitou um passe longo de Mateus Pasinato e apareceu isolado na cara de Rafael Defendi, que saiu da baliza para tentar evitar o perigo, tocou a bola com a mão fora da área e recebeu ordem de expulsão, obrigando Sérgio Vieira a reorganizar a disposição tática de uma equipa sem a mesma capacidade de reação.

Com a tarefa facilitada, os vimaranenses revelaram maior conforto na invasão ao último terço e demoraram seis minutos a duplicar a contagem por Pedro Nuno, a encostar em zona frontal uma investida desenhada pelos pés de Filipe Soares, Fábio Abreu e Alex Soares, cuja posição demorou quatro minutos a ser validada pelo videoárbitro.

O avanço do relógio acentuou a fadiga e diminuiu o discernimento do Farense, a desesperar por soluções que colocassem em sobressalto o Moreirense, quase sempre organizado a defender e perigoso quando dispunha de espaço para contra-atacar, como atestou o golo ‘cantado’ desperdiçado por Fábio Abreu aos 71 minutos.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Moreirense – Farense, 2-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Fábio Abreu, 02 minutos.

2-0, Pedro Nuno, 55.

Equipas:

– Moreirense: Mateus Pasinato, Anthony D’Alberto (Matheus Silva, 83), Lazar Rosic, Steven Vitória, Pedro Amador, Fábio Pacheco, Alex Soares (Gonçalo Franco, 89), Filipe Soares (Ibrahima Camará, 83), Lucas Rodrigues (Felipe Pires, 72), Fábio Abreu e Pedro Nuno.

(Suplentes: Miguel Oliveira, Ibrahima Camará, Felipe Pires, Matheus Silva, Reynaldo e Gonçalo Franco).

Treinador: Ricardo Soares.

– Farense: Rafael Defendi, Alex Pinto (Miguel Bandarra, 46), Bura (Cláudio Falcão, 53), Cássio Scheid, Fábio Nunes, Fabrício Isidoro, Amine Oudrhiri, Ryan Gauld, Jonatan Lucca (Alvarinho, 69), Brian Mansilla (Hugo Marques, 51) e Nikola Stojiljkovic (Pedro Henrique, 69).

(Suplentes: Hugo Marques, Ricardo Velho, César Martins, Filipe Melo, Miguel Bandarra, Patrick Fernandes, Cláudio Falcão, Alvarinho e Pedro Henrique).

Treinador: Sérgio Vieira.

Árbitro: João Bento (AF Santarém).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Brian Mansilla (22), Anthony D’Alberto (31), Fábio Abreu (37), Fabrício Isidoro (60), Amine Oudrhiri (86) e Miguel Bandarra (90+4). Cartão vermelho direto para Rafael Defendi (49).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Anúncio

Futebol

SC Braga leva 25 jogadores para a Ucrânia

Liga Europa

em

Foto: SC Braga

O treinador do SC Braga, Carlos Carvalhal, convocou hoje 25 jogadores – todo o plantel disponível – para a deslocação ao reduto dos ucranianos do Zorya, da segunda jornada do grupo G da Liga Europa de futebol.

Com Rui Fonte como único lesionado, o técnico chamou todo o restante plantel, incluindo os quatro guarda-redes: Matheus, Tiago Sá, Rogério e Hornicek.

Depois do triunfo sobre o AEK Atenas na passada quinta-feira, na ronda inaugural (3-0), o Sporting de Braga lidera o grupo G, em conjunto com o Leicester, ambos com três pontos, enquanto o Zorya é último, a par dos gregos.

A comitiva minhota parte hoje para a Ucrânia e só regressa na sexta-feira. A conferência de imprensa de antevisão da partida de Carlos Carvalhal e de um jogador está agendada para as 17:30 de quarta-feira.

SC Braga e Zorya defrontam-se a partir das 17:55 de quinta-feira, no Estádio Zaporizhya City, em Zaporizhya, na Ucrânia, em jogo que será arbitrado pelo georgiano Giorgi Kruashvili.

A lista dos 25 convocados:

Guarda-redes: Matheus, Tiago Sá, Rogério e Hornicek.

Defesas: Zé Carlos, Esgaio, Moura, Sequeira, Rolando, Tormena, David Carmo, Raul Silva, Bruno Viana.

Médios: Al Musrati, Castro, André Horta, João Novais, Fransérgio.

Avançados: Gaitán, Ricardo Horta, Galeno, Iuri Medeiros, Abel Ruiz, Schettine e Paulinho.

Continuar a ler

Futebol

FC Porto tenta conquistar primeiros pontos na ‘champions’

Liga dos Campeões

em

Foto: FC Porto

O FC Porto vai tentar conquistar hoje os primeiros pontos na Liga dos Campeões de futebol, recebendo no estádio do Dragão os gregos do Olympiacos, treinados pelo português Pedro Martins.

Depois de derrotados na visita ao Manchester City (3-1), os ‘dragões’ vão receber nesta segunda jornada do grupo C a equipa grega, que na primeira ronda bateu os franceses do Marselha, treinados por André Villas-Boas.

A equipa de Sérgio Conceição vai procurar aproveitar o fator casa para somar pontos e evitar que os seus adversários ganhem vantagem na luta pela qualificação para a fase seguinte da prova, que será conseguida pelos dois primeiros de cada grupo.

O FC Porto enfrenta este jogo depois de vencer o Gil Vicente por 1-0, na quinta jornada da I Liga, enquanto o Olympiacos, que, além de Pedro Martins, conta com José Sá, Rúben Semedo, Rúben Vinagre, Pêpê Rodrigues, Tiago Silva e Bruma nas suas fileiras, chega mais ‘folgado’, uma vez que não jogou este fim de semana devido ao facto de a partida frente ao PAOK ter sido adiada.

O jogo entre FC Porto e Olympiacos está marcado para as 20:00 de hoje, no estádio do Dragão, no Porto.

No outro jogo do grupo, o Marselha vai receber o Manchester City, de João Cancelo, Bernardo Silva e Rúben Dias, na mesma situação em que está o FC Porto: os franceses somam zero pontos e vão receber uma equipa que venceu na primeira jornada.

Continuar a ler

Futebol

Ricardo Horta e Paulinho na luta para bater recorde de golos europeus de Alan

Liga Europa

em

Foto: SC Braga

Os avançados portugueses Ricardo Horta e Paulinho terão na quinta-feira, caso joguem, mais um capítulo na luta por destronarem o brasileiro Alan do topo da lista de marcadores do SC Braga nas taças europeias de futebol.

Em encontro da segunda jornada do Grupo G da Liga Europa, no reduto dos ucranianos do Zorya, Ricardo Horta, já com os mesmos 11 golos de Alan, e Paulinho, com apenas menos um, podem ‘apagar’ da lista o atual Diretor das Relações Externas do clube.

Os dois jogadores lusos estrearam-se da melhor forma na edição 2020/21 da Liga Europa, já que Paulinho marcou, aos 78 minutos, o segundo golo dos ‘arsenalistas’, na receção aos gregos do AEK Atenas (3-0), e Ricardo Horta fechou a contagem, aos 88.

No SC Braga desde 2016/17, proveniente dos espanhóis do Málaga, que o haviam contratado ao Vitória de Setúbal, Ricardo Horta estreou-se a marcar pelos ‘arsenalistas’ na Europa na primeira época, num 3-1 caseiro aos turcos do Konyaspor.

O avançado ‘arsenalista’, agora com 26 anos, não marcou mais nessa temporada e, na segunda (2017/18), também só faturou uma vez, no que foi o último golo da equipa, num insuficiente 1-0 ao Marselha, nos 16 avos de final, após 0-3 em França.

Por seu lado, e acabado de chegar do Gil Vicente, no qual alinhou de 2012/13 a 2016/17, Paulinho, agora com 27 anos, conseguiu três golos, todos ao Hafnarfjordur, no ‘play-off’ da Liga Europa, um na Islândia (2-1) e dois em Braga (3-2).

Em 2018/19, o SC Braga só cumpriu dois jogos nas taças europeias e Ricardo Horta aproveitou para ultrapassar Paulinho, já que marcou nos dois jogos com o Zorya – que vai reencontrar -, um fora (1-1) e outro em casa (2-2).

Na época passada, os dois jogadores estiveram de pontaria afinada e marcaram cada qual seis golos – contribuindo com 12 para os 27 dos ‘arsenalistas’, mantendo-se Ricardo Horta na frente, com 10, contra nove de Paulinho.

Paulinho marcou dois ao Brondby, na terceira pré-eliminatória, e dois ao Besiktas, um ao Wolverhampton e um ao Slovan Bratislava, na fase de grupos, e Ricardo Horta apontou um aos dinamarqueses, três aos russos do Spartak Moscovo, no ‘play-off’, um aos ingleses e um aos turcos.

Com estes registos, o ‘21’ isolou-se no segundo lugar, com 10 tentos, enquanto o ‘20’ juntou-se no último lugar do pódio ao brasileiro Lima, ambos com nove.

Já na presente temporada, ambos marcaram ao AEK e estão muito perto de afastar do primeiro lugar do ‘ranking’ o brasileiro Alan, que marcou os seus 11 golos entre 2008/09 e 2015/16, incluindo seis na ‘Champions’, competição que Ricardo Horta e Paulinho nunca disputaram e os ‘arsenalistas’ não jogam desde 2012/13.

O encontro entre Zorya e SC Braga, da segunda jornada do Grupo G da Liga Europa, realiza-se na quinta-feira, em Zaporizhia, pelas 17:55 (em Lisboa).

Continuar a ler

Populares