Moreirense vence Benfica B em jogo com onze golos e está cada vez mais perto do título

Jogo de loucos com nove golos na segunda parte

O Moreirense regressou hoje às vitórias ao golear o Benfica B, por 7-4, numa partida frenética relativa à 28.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol.

Depois de uma derrota em casa do Farense e um empate na receção ao Feirense, a formação de Moreira de Cónegos regressa, assim, às vitórias e consolida a liderança, somando agora 63 pontos, mais 12 do que o Farense, segundo colocado. O Benfica B, que tem apenas dois triunfos nos últimos 10 jogos na prova, ocupa a 14.ª posição, com 31 pontos.

Nos minutos iniciais, o Moreirense controlou o jogo mas o Benfica B, com o passar do tempo, foi-se organizando e equilibrou a partida.

De tal forma que, aos 18 minutos, protagonizou um lance que deixou grandes dúvidas: Gerson, num bom pormenor individual, já dentro da área, passou por Luís Rocha e, ao tentar ultrapassar Pedro Amador, foi travado, num lance de aparente grande penalidade.

Aos 28 minutos, o juiz marcou mesmo um castigo máximo a favor do Moreirense, após derrube jevsenak a Kodisang, e Platiny não desperdiçou a oportunidade para inaugurar o marcador.

A formação minhota, moralizada, intensificou a pressão, e, aos 35 minutos, aumentou a vantagem por intermédio de João Camacho. Pedro Amador cruzou rasteiro para o jogador que, à entrada da área, finalizou com facilidade.

Três minutos depois, a equipa de Paulo Alves voltou a marcar, mas o golo acabou invalidado por uma suposta falta que também acabou por deixar muitas dúvidas. Pedro Amador cabeceou ao segundo poste após cruzamento de Victor Garcia, mas o árbitro considerou falta do lateral sobre João Tomé.

Ao intervalo, os dois treinadores refrescaram a equipa, e o Benfica B assumiu com isso uma nova postura, conseguindo reduzir aos 53 minutos, por intermédio do jovem norueguês Schjelderup, que no sábado esteve no banco de suplentes da equipa principal das ‘águias’ em Chaves.

Entretanto, o Moreirense voltou a marcar, com uma cabeçada de Rafael Santos, mantendo a diferença de golos, mas seguiu-se uma fase frenética do jogo: em dois minutos, o Benfica B conseguiu empatar a partida por intermédio de Henrique Pereira, acabado de entrar, e Pedro Santos.

No minuto seguinte, o Moreirense volta a colocar-se na frente, com golo de Alan, e deu início a uma impressionante goleada, que redundou num resultado mais habitual no hóquei em patins do que no futebol.

Kodisang e o ‘bis’ de Ofori fecharam a contagem para a formação da casa, enquanto os ‘encarnados’ ainda marcaram por mais uma vez, numa grande penalidade, por intermédio de Filipe Cruz.

Ficha de Jogo

Jogo disputado no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Moreirense – Benfica B, 7-4.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Platiny, 29 minutos (grande penalidade).

2-0, João Camacho, 35.

2-1, Andreas Schjelderup, 53.

3-1, Rafael Santos, 57.

3-2, Henrique Pereira, 72.

3-3, Pedro Santos, 74.

4-3, Alan Guimarães, 75.

5-3, Kodisang, 78.

6-3, Ofori, 83.

6-4, Filipe Cruz, 85 (grande penalidade).

7-4, Ofori, 90+4.

Equipas:

Moreirense: Kewin Silva, Victor García, Luís Rocha, Rafael Santos, Pedro Amador, Fábio Pacheco (Sori Mané, 46), Alan Guimarães (Pedro Aparício, 78), Ofori, Kodisang (Frimpong, 86), João Camacho (Madson Monteiro, 78) e Platiny (Walterson, 86).

(Suplentes: Ricardo Silva, Hugo Gomes, Frimpong, Sori Mané, Pedro Aparício, Madson Monteiro, Walterson).

Treinador: Paulo Alves.

Benfica B: André Gomes, João Tomé (Filipe Cruz, 80), Diogo Capitão (Gilson Benchimol,46), Amir Feratovic, Adrian Bajrami, Rafael Rodrigues, Zan Jevsenak, Cher Ndour, Pedro Santos, Andreas Schjelderup (Henrique Pereira, 69) e Gerson

(Suplentes: Pedro Souza, Filipe Cruz, Lenny Lacroix, Francisco Domingues, Martim Neto, Maestro, Gilson Benchimol, Henrique Pereira, Diego Moreira).

Treinador: Luís Castro.

Árbitro: João Afonso (AF Bragança).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Fábio Pacheco (23), Luís Rocha (90+6).

Assistência: Cerca de 1000 espetadores.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Câmara de Guimarães apoia 7.640 atletas de formação, 49 clubes, 34 eventos e 8 deslocações em 2023

Próximo Artigo

Paulo Rangel insta Governo a demarcar-se da posição de Lula da Silva sobre a Ucrânia

Artigos Relacionados
x