Seguir o O MINHO

Braga

Moradores dizem que utentes utilizam parque canino sem regras

em

Foto: Divulgação

Os moradores da região em que está o Parque Canino das Lameiras, encerrado pela vereação do Ambiente da Câmara Municipal de Braga na semana passada, reagiram às notícias e à manifestação contra o fecho do local. Segundo os cidadãos, o parque sempre foi frequentado “sem qualquer regulamento e sem regras”, mesmo depois de a Junta de Freguesia ter prometido, em 2017, o seu encerramento.

O movimento Braga para Todos, que ajudou a preparar a manifestação no último sábado, alega que o parque foi desmantelado na sequência de queixas de três moradores, um deles funcionário da Câmara, segundo confirma João Tinoco, presidente da Junta de União de Freguesias de Nogueiró e Tenões.

LEIA MAIS: Utilizadores de parque canino em Braga defendem-se de acusações de moradores

Os moradores, no entanto, dizem que há um novo parque que reúne melhores condições, mais e melhores equipamentos, mas está mais afastado, o que, segundo o comunicado enviado à comunicação social, concilia os interesses de ambas as partes, já que os utilizadores na sua maioria se deslocam de automóvel para aceder ao local.

“Lamentavelmente, porém, uma semana depois do encerramento do Parque das Lameiras e após a abertura do novo parque, os utilizadores continuam a frequentar o espaço, desrespeitando a ordem da autarquia e continuando a desconsiderar o direito dos moradores, que desde a abertura se têm mostrado muito lesados com o ruído constante, a falta de higiene do espaço, a insegurança, principalmente das crianças que receiam em deslocar-se para o parque infantil localizado mesmo ao lado, o pó constante e o mau cheiro”, dizem os moradores.

EM FOCO

Populares