Seguir o O MINHO

Região

Moradores cercados por estacionamento caótico junto ao Hospital de Braga

em

“É inaceitável que os moradores deste bairro se sintam sitiados e tenham perdido toda a tranquilidade e qualidade de vida”, afirmou Paula Nogueira, durante uma visita ao Bairro da antiga Cooperativa Lar Jovem, localizada entre o Bairro da Alegria e o Hospital de Braga.

Constituído por vivendas geminadas, o bairro foi escolhido pelos seus residentes sobretudo pela tranquilidade e qualidade de vida que o local oferecia. No entanto, a construção do Hospital de Braga e da estrada de ligação àquele equipamento foram o primeiro abalo, devido ao barulho e também a uma certa perda de privacidade.

A situação tem vindo, no entanto, a agravar-se com o estacionamento caótico e até irregular de viaturas pertencentes a utentes e funcionários do Hospital de Braga, no interior do próprio bairro, e na rua de acesso à rotunda, pondo em causa a entrada e saída de moradores e até a passagem de ambulâncias.

Foi esta realidade que a cabeça de lista do Bloco de Esquerda à Câmara de Braga testemunhou durante uma visita que efetuou ao bairro, onde algumas moradoras também se queixaram da falta de cuidado e de manutenção dos espaços públicos, como os passeios, as pracetas e o parque infantil, bem como do mato que cresce nos terrenos contíguos e que representa um perigo, nesta altura do ano.
Durante o encontro, as moradoras também se queixaram da “completa indiferença da PSP, chamada várias vezes ao local, pois as pessoas não conseguiam sair de casa para irem trabalhar, e apenas lhes foi dito que mandassem um mail para o comando, porque não podiam fazer nada”.

Ora, na opinião da candidata bloquista, “isto não é resposta que se dê e são já inúmeras as queixas que temos recebido relativamente ao comportamento das forças de segurança, que fecham os olhos ao estacionamento abusivo, aqui e em quase toda a cidade
Paula Nogueira afirmou compreender a situação de alguns condutores, pois a Câmara de Braga deu terrenos ao Grupo Mello para este construir um estacionamento pago, mas considera que os habitantes daquele bairro, que já perderam muito com a construção do Hospital, não podem continuar cercados no seu próprio território. Por isso, defendeu “o acesso ao bairro residencial deve ser restrito a moradores”, lamentando que a Junta de S. Victor ainda “não tenha defendido esta gente”.

Anúncio

Alto Minho

Presidente da Câmara de Paredes de Coura recebe medalha da Liga dos Bombeiros Portugueses

Mérito

em

Foto: Emília Pereira

O presidente da Câmara de Paredes de Coura, Vitor Paulo Pereira, recebeu no sábado a Medalha de Serviços Distintos – Grau Ouro pela Liga dos Bombeiros Portugueses, anunciou a Liga.

A distinção foi entregue naquele concelho do distrito de Viana do Castelo, durante a cerimónia do 93.º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paredes de Coura.

A distribuição foi conferida “pela prática de serviços distintos que contribuíram com notável evidência para o engrandecimento e prestígio das instituições de socorrismo”, lê-se no comunicado da Liga.

Paredes de Coura acolheu recentemente cerca de 100 especialistas dos Estados Unidos da América, Canadá, Brasil, Chile, Espanha e Portugal para debater o tema do uso do fogo como forma de gestão e prevenção de incêndios florestais.

Continuar a ler

Guimarães

Capela da Senhora da Conceição é um património simbólico para Guimarães

Em Azurém

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

Este domingo, 08 de dezembro, assinalaram-se as celebrações religiosas em honra de Nossa Senhora da Conceição com uma razão extra para celebrar, depois de concluída a primeira fase das obras de restauro da Capela Senhora da Conceição, em Azurém, com apoio da Câmara de Guimarães, num valor a rondar os 400 mil euros.

Domingos Bragança, edil, visitou o monumento classificado e assinalou a “valorização patrimonial” da Capela Senhora da Conceição, sendo um imóvel classificado de interesse público do século XVI que “encontrava-se num estado muito mau de conservação cuja recuperação poderia ser irreversível se não fosse efetuada esta intervenção, perante o estado de degradação em que se encontrava”.

Nesta primeira fase da obra registaram-se intervenções de montra no restauro dos telhados, paredes, a torre sineira e sacristia, num processo que demorou dois anos. Segundo padre Queirós de Carvalho, “houve uma intervenção de fundo e delicada ao nível de paredes e telhados, com a recuperação total do edifício do sacristão, com ligação à capelinha” destacando as intervenções no teto da nave, soalhos e sacristia.

O pároco registou a colaboração da autarquia na atribuição do subsídio. Para completar a recuperação total é necessário ainda a intervenção do azulejo, nos altares laterais, na tribuna e ainda a recuperação do orgão do século XVII.

Definido como património vimaranense, a recuperação da Capela Nossa Senhora da Conceição merece especial atenção da câmara. Domingos Bragança considera “fundamental” a continuidade da recuperação do património, e nesse sentido já foi concretizada uma candidatura ao programa comunitário Norte 2020 para assegurar o investimento em falta.

“Concretizou-se uma parte importante da obra, mas nem tudo está feito e esperamos uma decisão sobre a candidatura submetida ao programa Norte 2020 para dar seguimento à segunda fase das obras”, vincou.

Continuar a ler

Braga

Adormece com panela ao lume, provoca incêndio e é salvo pelos vizinhos em Braga

São Victor

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Um incêndio urbano deflagrou na cozinha de uma habitação situada no primeiro andar do prédio número 203, na Rua de Baixo, em São Víctor, cidade de Braga.

Ao que apurou O MINHO no local, o proprietário terá adormecido com uma panela ao lume, provocando o incêndio. Foram os vizinhos que deram o alerta para os bombeiros e retiraram o homem de dentro do apartamento.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

No teatro de operações estiveram oito elementos da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga, apoiados por uma viatura de combate e incêndios urbanos e uma autoescada.

Os operacionais ventilaram o apartamento, de forma a extrair o fumo intenso que se alastrou.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O alerta foi dado às 15h58.

Continuar a ler

Populares