Seguir o O MINHO

Guimarães

MIT Portugal, com sede em Guimarães, tem sete projetos de mais de 15 milhões

Massachusetts Institute of Technology

em

Foto: MIT Portugal / Twitter

O instituto MIT Portugal tem em carteira sete projetos de investigação de mais de 15 milhões de euros, nas áreas cidades sustentáveis e transformação digital, alterações climáticas e sistemas terrestres, foi hoje anunciado.

Em comunicado enviado à Lusa, o Massachusetts Institute of Technology (MIT) Portugal, que tem desde segunda-feira instalado o seu gabinete de coordenação no campus de Azurém da Universidade do Minho, em Guimarães, sublinha que o investimento decorrerá durante os próximos três anos.

Os projetos são liderados por empresas nacionais (NOS, EFACEC, Zenithwings, Ubiwhere, Stratosphere, DSTelecom e Edisoft), em parceria com instituições de investigação, universidades e o MIT – EUA.

Citado no comunicado, o diretor do MIT Portugal, Pedro Arezes, refere que estes projetos permitirão dar “um passo relevante para a internacionalização e fazer o reforço da estrutura científica e tecnológica nacional”.

Desde 2018, já foram financiados pelo MIT Portugal 42 projetos de investigação que correspondem a um investimento nacional de cerca de 28 milhões de euros.

O Programa MIT Portugal nasceu em 2006 e envolve o MIT, o Governo português, academias e centros de investigação nacionais, associações e a indústria.

Tem como objetivo impulsionar ideias inovadoras e projetos de I&D (investigação e desenvolvimento) sobre desafios complexos da sociedade e do planeta, alavancando o desenvolvimento e a competitividade económico-social de Portugal.

Para o período 2020/2023, aposta em quatro áreas: alterações climáticas, sistemas terrestres (oceanos e espaço), transformação digital e cidades sustentáveis, todas elas com abordagens e metodologias ancoradas em ciência de dados.

A sua próxima Conferência Anual ocorre em 15 de outubro, em Lisboa, com oradores de vários países.

O Programa MIT Portugal é financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Populares