Seguir o O MINHO

Braga

Ministro almoçou com estudantes sírios da UMinho e pediu-lhes ajuda

em

O ministro do Ensino Superior quer que os estudantes sírios já em Portugal ajudem o Governo como “embaixadores” na integração dos refugiados que António Costa prometeu à chanceler alemã ingressar no Ensino Superior português.


Manuel Heitor, em declarações aos jornalistas, depois de um almoço com jovens sírios que estão a estudar na Universidade do Minho, alguns ao abrigo do programa do ex-presidente da República Jorge Sampaio que possibilita a universitários sírios concluírem a sua formação superior em Portugal, explicou que a vinda de refugiados para o Ensino Superior português é um processo lento que tem que ser orientado por “sérios valores éticos”.

No início do mês de fevereiro, o primeiro-ministro, António Costa ofereceu à chanceler alemã Angela Merkel, apoio na integração de refugiados, nomeadamente para receber estudantes.

É exatamente nesse contexto [de preparação da vinda de estudantes refugiados para Portugal] eu estamos aqui e lhes propusemos que eles próprios [estudantes da Síria já em Portugal] sirvam de embaixadores para integração de mais jovens em condições de refúgio”, explicou Manuel Heitor.

Segundo o titular da pasta do Ensino Superior, a vinda daqueles estudantes é um “processo muito complexo” devido à condição excecional que vivem.

“Estamos a tratar com pessoas que tem que ser tratadas com valores éticos, não é uma mera questão de fazer uma fila e ir buscar uns ou outros, temos que saber integra-los de uma forma humana”, salientou o ministro.

Por isso, Manuel Heitor tem vindo a reunir com estudantes vindos da Síria já integrados no Ensino Superior português.

“Queremos que eles nos ajudem para garantirmos melhores condições de integração social e económica e acima de mais que esta integração seja feita com valores de ética muito importantes”, reforçou.

O ministro enalteceu ainda o papel da Universidade do Minho UMinho) na inclusão do grupo de estudantes que frequenta atualmente a academia.

“É impressionantes as condições que a UMinho desenvolveu para integrar estes estudantes que, devemos reconhecer, é um papel de cidadania europeia ao integrar aqueles que não conseguem estudar nos seus próprios países”, realçou.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Braga. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Anúncio

Braga

Músico de rua da Póvoa de Lanhoso arrasa no The Voice Portugal

Nenhum dos mentores do programa The Voice Portugal, exibido este domingo à noite, conseguiu ficar indiferente a Tiago Barbosa, artista de rua de profissão, natural da freguesia de Vilela, Póvoa de Lanhoso. O concorrente minhoto brilhou com a interpretação da música Make You Feel My Love, de Adele, escolheu Diogo Piçarra como mentor para o resto do programa da RTP. 

em

Foto: RTP

Nenhum dos mentores do programa The Voice Portugal, exibido este domingo à noite, conseguiu ficar indiferente a Tiago Barbosa, artista de rua de profissão, natural da freguesia de Vilela, Póvoa de Lanhoso. O concorrente minhoto brilhou com a interpretação da música Make You Feel My Love, de Adele, escolheu Diogo Piçarra como mentor para o resto do programa da RTP.

Continuar a ler

Braga

BE Braga quer atribuição automática da Tarifa Social de Água

Às famílias com menores rendimentos

em

Foto: DR

Os dois deputados municipais do Bloco de Esquerda em Braga, António Lima e Alexandra Vieira, apresentaram, sexta-feira à noite, na Assembleia Municipal, uma proposta de Recomendação para que o Município conceda, de forma automática, a atribuição da Tarifa Social da Água às famílias carenciadas do concelho, o que poderia abranger 14.550 gregados.

A Recomendação não foi votada, tendo os partidos aceite que baixe a uma Comissão especializada para ser analisada. João Granja, líder da bancada do PSD, disse que é preciso estudar as implicações e impactos da medida.

O BE refere na Recomendação que “a automatização da Tarifa Social da Água teria por referência os atuais beneficiários no concelho da Tarifa Social de Energia, uma vez que a automatização implica que o Município use os mesmos critérios de atribuição”.

O processo passa pela indicação do número fiscal do titular do contrato e do código local de consumo à DGAL-Direção Geral das Autarquias Locais, a qual consulta os serviços competentes da Segurança Social e da Autoridade Tributária e Aduaneira, para conhecer os rendimentos da família.

Continuar a ler

Braga

Carro com matrícula alterada destruído por incêndio em Braga

Incêndio rodoviário

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Um carro foi atingido por um incêndio ao início da noite deste domingo perto da Cidadela Eletrónica, em Braga.

Os bombeiros foram alertados às 19:54 para um carro em chamas na Rua Quinta do Carreiro, freguesia de Frossos.

O mesmo tinha um traço a fita-cola preta para alterar uma das letras da matrícula.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Tinha chave na ignição, mas não há testemunhas que tenham visto o carro em andamento ou estacionado.

A viatura tem seguro válido e está registado em nome de um homem residente em Carvalhas, Barcelos.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

No local estiveram Bombeiros Sapadores de Braga com sete operacionais e duas viaturas

A GNR cruzou dados com a PSP e, na altura do incêndio, não havia qualquer participação de roubo ou furto da viatura.

Continuar a ler

Populares