Seguir o O MINHO

Região

Minhotos pouco marotos: PSP e GNR sem registo de ajuntamentos ilegais durante a madrugada

Autoridades policiais

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

A população parece estar a cumprir com o decreto lei do Conselho de Ministros que proíbe ajuntamentos com mais de 20 pessoas e o consumo de álcool na via pública.


Durante a madrugada deste domingo, não houve qualquer registo de ação por parte das forças de segurança nos distritos de Braga e de Viana do Castelo, apurou O MINHO junto de fontes oficiais.

Fonte do comando da PSP de Braga adiantou que não existiram ocorrências relacionadas com esse decreto lei, “apenas trabalho normal da força policial”, como patrulhamentos e ações de fiscalização. Apesar dessa indicação dada a O MINHO, é avançado por órgãos de comunicação social que alguns grupos foram convidados a ‘ir para casa’ no centro urbano de Guimarães.

Também o comando da PSP de Viana do Castelo disse oficialmente a O MINHO que não houve registo de ocorrências nesse sentido, nem nesta madrugada, nem na madrugada anterior.

Já o comando territorial da GNR de Braga admitiu ter ocorrido “uma ou outra” ação de sensibilização mas onde as pessoas cumpriam as normas, logo não foi registada nenhuma ocorrência.

O mesmo foi referido pelo comando da GNR de Viana do Castelo, não existindo nenhum registo de ocorrência nesse sentido.

Na generalidade de Portugal continental, mantém-se se o confinamento obrigatório para doentes com covid-19 e pessoas em vigilância, regras sobre distanciamento físico, uso de máscara, ajuntamentos limitados a 20 pessoas e proibição de consumo de bebidas na via pública.

Quem não cumprir está sujeito a multas que vão dos 100 aos 500 euros. Já os espaços comerciais estão sujeitos a multas até 5.000 euros.

Anúncio

Viana do Castelo

Hospital privado de Viana vai fazer testes covid prescritos pelo SNS

Covid-19

em

Foto: Facebook / CM Viana

Há mais um local no concelho de Viana do Castelo onde se podem fazer testes de rastreio à covid-19. O anúncio foi feito hoje pela autarquia local, dando conta da nova funcionalidade instalada no Hospital Privado de Viana do Castelo.

Esta unidade instalou um posto de rastreio no seu espaço contíguo ao parque de estacionamento, aumentando assim a possibilidade de realizar mais testes no distrito.

“Com esta iniciativa, pretende dar o correcto e digno apoio aos utentes, bem como à população em geral, fazendo testes prescritos pelo SNS/P1″, escreve a autarquia.

Segundo o hospital, é “missão participar no combate à pandemia juntamente com as autoridades sanitárias municipais e nacionais”.

Continuar a ler

Alto Minho

Sobe para 83 número de infetados na Casa da Caridade em Ponte de Lima

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

O Lar Nossa Senhora da Conceição (Casa da Caridade), em Ponte de Lima, anunciou hoje que o número de infetados subiu depois de serem conhecidos novos testes realizados na passada quarta-feira. De acordo com a agência Lusa, a instituição tem agora 65 idosos e 18 funcionários com testes positivos.

Contactado pela agência Lusa, Agostinho Freitas, diretor, explicou que uma utente de 85 anos morreu na terça-feira, vítima de covid-19, conforme já havia noticiado O MINHO na passada quarta-feira.

O responsável disse que hoje foram conhecidos os resultados dos testes realizados a 28 funcionários, sendo que cinco deram positivo”, pelo que, do total de 40 trabalhadores, “atualmente estão infetados 18″.

Quanto ao total de idosos que a instituição acolhe (67), 65 estão infetados.

Os dois utentes que tiveram resultado negativo ao teste para a infeção do novo coronavírus estão instalados numa unidade hoteleira em Ponte de Lima para onde foram transferidos na sequência do surto que atingiu a instituição.

O surto de covid-19 associado a esta estrutura residencial para pessoas idosas (ERPI) teve início no final de outubro, com a confirmação dos dois primeiros casos em utentes.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,2 milhões de mortos em mais de 48,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.792 pessoas dos 166.900 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Continuar a ler

Braga

Secretário de Estado de Braga demitiu-se do Governo

José Mendes

em

Foto: DR

O bracarense José Mendes, que desempenhava funções como secretário de Estado do Planeamento, pediu exoneração do cargo e já foi substituído pelo deputado Ricardo Pinheiro, mudança que foi hoje anunciada através de uma nota divulgada no portal da Presidência da República.

“O Presidente da República aceitou a proposta do primeiro-ministro de exoneração, a seu pedido, de José Fernandes Gomes Mendes, como secretário de Estado do Planeamento, e a nomeação, para o mesmo cargo, de Ricardo Miguel Furtado Pinheiro”, lê-se na nota.

A posse do novo secretário de Estado do ministro do Planeamento, Nelson de Sousa, terá lugar ainda hoje, pelas 20:30, no Palácio de Belém.

Ricardo Pinheiro foi presidente da Câmara de Campo Maior, distrito de Portalegre, círculo pelo qual foi eleito deputado nas últimas eleições legislativas.

Continuar a ler

Populares