Seguir o O MINHO

Desporto

Minho tem dois “representantes” no Mundial 2018

em

Foto: DR

Dois jogadores vão “representar” o Minho no Mundial 2018. Adrien Silva, como cidadão de Arcos de Valdevez, e Paolo Hurtado, como jogador do Vitória SC.

Adrien, atualmente no Leicester City, não nasceu naquele concelho, mas em Angoulême, França. No entanto, o pai é arcuense e levou a família de volta ao local quando o médio tinha 11 anos. Adrien logo destacou-se no ARC Paçô, e com 12 anos já estava no Sporting.

Na sequência da conquista do Campeonato de Europa, em 2016, a autarquia aprovou um voto de louvor para “reconhecer o excelente desempenho do arcuense Adrien Silva ao serviço da Seleção Nacional”, disse o documento.

Paolo Hurtado é o único atleta de um clube da região convocado por alguma seleção. O avançado, que está no Vitória SC desde 2016, vai representar o Peru, que não se apurava para um Mundial desde 1982, quando Cubillas, ex-FC Porto, era o principal jogador da “Blanquirroja”.

Recorde-se que Paulinho, do SC Braga, esteve na pré-lista de Fernando Santos para o Mundial 2018, mas não foi convocado.

EM FOCO

Populares