Milhares de trabalhadores da função pública em protesto pela valorização laboral

Foto: Lusa

Milhares de trabalhadores da função pública concentraram-se hoje, em frente ao Ministério das Finanças, em Lisboa, reivindicando a valorização laboral, com críticas ao Governo pela ausência de respostas.

A manifestação começou pelas 14:20, na Praça da Figueira, com algumas centenas de trabalhadores.

O protesto, convocado pela Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, que seguiu em direção ao Ministério das Finanças, junto ao Terreiro do Paço, foi “engordando”, juntando depois milhares de trabalhadores, munidos com bandeiras e tambores.

Pelo caminho gritavam-se frases de luta como “Contenção salarial só interessa ao capital” e “Sem carreiras atrativas nem cá ficam as formigas”.

A par da manifestação, decorre hoje uma greve entre as 07:00 e as 24:00, que abrange a administração central.

A Frente Comum reivindica um aumento intercalar para todos os trabalhadores, a subida do salário mínimo para os 1.000 ainda no corrente ano, a valorização das carreiras, o reforço dos serviços públicos, bem como o início da negociação das medidas que integram a proposta reivindicativa comum, que foi também subscrita pela Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Braga: Festival Encontros da Imagem está à procura de novos talentos fotográficos

Próximo Artigo

UEFA aplica multas de 200 mil euros ao Vitória e 40 mil ao Braga devido a dívidas

Artigos Relacionados
x