Seguir o O MINHO

Motores

Miguel Oliveira parte da sétima posição para o GP da Estíria de MotoGP

Motociclismo

em

Miguel Oliveira. Foto: Divulgação

O português Miguel Oliveira (KTM) vai partir da sétima posição da grelha para o Grande Prémio da Estíria, quinta prova do Mundial de MotoGP, no Red Bull Ring, em Spielberg, na Áustria.


O piloto de Almada, que nos treinos livres garantiu a passagem direta à segunda fase da qualificação (Q2), fez o oitavo melhor tempo mas beneficiou da penalização atribuída na sexta-feira ao francês Johann Zarco (Ducati) para ganhar uma posição na grelha.

O dia foi histórico para a KTM, que conseguiu uma ‘pole position’ pela primeira vez na principal categoria do motociclismo de velocidade, pelo espanhol Pol Espargaró, com o tempo de 1.23,580 minutos.

Miguel Oliveira, que chegou a ter o quarto melhor tempo da sessão, terminou a 217 milésimos de segundo do espanhol, saindo da terceira linha da grelha, juntamente com o italiano Andrea Dovizioso (Ducati) e o francês Fabio Quartararo (Yamaha), líder do campeonato.

Esta foi a segunda melhor qualificação do piloto luso da equipa Tech3, depois do quinto posto conseguido no GP da Andaluzia, na segunda prova do Mundial.

O GP da Estíria de MotoGP é o 900.º GP da história e está marcado para domingo, às 13:00 (horas em Lisboa).

Anúncio

Motores

Mundial de Superbikes termina no Estoril em prova sem público

Motociclismo

em

Foto: DR / Arquivo

A última prova do Mundial de Superbikes, a disputar no circuito do Estoril e que decidirá a atribuição do título, vai decorrer à porta fechada, devido à pandemia de covid-19, anunciou hoje a organização.

“Apesar de atempadamente ter entregue um plano de segurança, o circuito do Estoril não recebeu a desejada autorização para poder abrir as bancadas aos fãs portugueses das Superbikes, o que aconteceria em número limitado e de acordo com todas as regras vigentes”, refere o comunicado.

A organização explica que assim, “a consagração dos campeões do mundo superbike e supersport 300 será assim exclusivamente acompanhada através da transmissão televisiva” e lembra que a ronda anterior do campeonato, que decorreu em França no primeiro fim de semana de outubro, os vencedores receberam “o apoio, carinho e aplauso do público”.

A atribuição do título de Superbikes vai ser decidida na prova portuguesa entre os britânicos Scott Redding (Ducati) e Jonathan Rea (Kawasaki).

Rea chega à prova lusa, que se disputa entre 16 a 18 de outubro, com 59 pontos de vantagem sobre Redding, quando estão ainda 62 em disputa.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e setenta e quatro mil mortos e mais de 37,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.080 pessoas dos 86.664 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Motores

Miguel Oliveira termina em sexto no GP de França

MotoGP

em

Foto: DR / Arquivo

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje na sexta posição o Grande Prémio de França de MotoGP, nona prova da temporada.

O piloto português, que chegou a rodar na 18.ª posição no início da corrida, chegou a estar em quarto lugar a duas voltas do fim, mas perderia a quinta posição na derradeira curva, terminando a 4,466 segundos do vencedor, o italiano Danilo Petrucci (Ducati).

Com este resultado, Miguel Oliveira soma, agora, 69 pontos no campeonato do mundo.

Continuar a ler

Motores

Miguel Oliveira parte para GP de França da 12.ª posição

MotoGP

em

Foto: DR / Arquivo

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) qualificou-se hoje na 12.ª posição para o Grande Prémio de França de MotoGP, nona prova da temporada.

Oliveira, que tinha sido o segundo mais rápido durante a terceira sessão de treinos livres, registo que lhe valeu a passagem direta à segunda fase da qualificação (Q2), sofreria uma avaria no motor da sua KTM na quarta sessão de treinos livres.

Já com a mota suplente, o português sofreria uma queda na mesma sessão, sem consequências físicas.

Na qualificação, Oliveira fez a melhor volta em 1.32,009 minutos, a 694 milésimos de segundo do mais rápido, o francês Fabio Quartararo (Yamaha), líder do campeonato.

Quartararo deixou o australiano Jack Miller (Ducati) em segundo, a 222 milésimos, e o italiano Danilo Petrucci (Ducati) em terceiro, a 359 milésimos.

Com oito corridas já disputadas, Miguel Oliveira ocupa a nona posição, com 59 pontos.

Continuar a ler

Populares