Seguir o O MINHO

Ave

Metalomecânica acentua tendência de crescimento em Famalicão

Economia

em

Foto: Divulgação / Famalicão Made IN

O volume de negócios da indústria metalomecânica cresceu 17% em Vila Nova de Famalicão, acima dos 312 milhões de euros, informou hoje o Famalicão MadeIN.

Dados macroeconómicos
• Número de Pessoas ao Serviço: 3.031
• Número de Empresas: 288
• Volume de Negócios: 312 M€
• Volume de Exportações: 171 M€
• Valor Acrescentado Bruto (VAB): 107 M€

De acordo com aquela agência de investimento da autarquia, trata-se de “um crescimento superior a dois dígitos, em linha com a tendência dos últimos anos, e que atesta o peso cada vez mais significativo do setor na economia do concelho. Resulta, aliás, da aposta numa estratégia de expansão e modernização da capacidade instalada em infraestruturas e tecnologia de vanguarda, que tem sido decisiva para a afirmação da indústria metalomecânica famalicense no plano nacional e internacional”.

De acordo com a fonte, a robustez do setor encontra também leitura no valor acrescentado bruto, que cresceu 14%, para os 107 milhões de euros, de acordo com os mais recentes dados macroeconómicos divulgados pelo INE, no Anuário Estatístico Regional 2018, bem como no número de empresas existentes no concelho (288 contra 286) e no número de pessoas ao serviço (3031 contra 2782), um aumento de 9%.

Quanto às exportações, há a registar um ligeiro decréscimo para os 171 milhões de euros (face aos 174 milhões em 2017), correspondendo a 8% do total das exportações do concelho, sendo Espanha (23%), França (21%), Alemanha (9%) e EUA (6%) os principais mercados das vendas internacionais.

“Em Vila Nova de Famalicão, empresas de dimensão mundial produzem o que outras não são capazes. Vantagem competitiva em todo o mundo e aspeto altamente diferenciador é precisamente o que estas empresas conquistam ao produzirem máquinas para setores tão diversos como o têxtil, naval, militar, químico, petrolífero e automóvel, entre outros”, destaca o Famalicão MadeIN.

Anúncio

Guimarães

Guimarães: Mais 40 ecopontos reforçam rede de recolha de resíduos

Uma parceria entre a Câmara de Guimarães e a Resinorte

em

Foto: CM Guimarães / Divulgação

A rede de recolha de resíduos urbanos de Guimarães vai ser reforçada pela Resinorte, em cooperação com a Câmara, com a colocação de mais 40 ecopontos em várias freguesias, anunciou a autarquia.

Esta ação foi estipulada pelo Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos – PERSU 2020 e pretende melhorar a rede de recolha seletiva no plano da acessibilidade.

Em comunicado a Câmara define este reforço como uma forma de “melhorar a qualidade do serviço prestado aos municípios e aos cidadãos e atingir os objetivos nacionais da estratégia de gestão de resíduos urbanos enquadrados pela política comunitária de resíduos”, conclui.

 

Continuar a ler

Ave

Bombeiros Voluntários de Famalicão comemoram 130 anos com Fábio Martins

A mais antiga corporação de Famalicão

em

Foto: Bombeiros Voluntários de Famalicão / DR

Os Bombeiros Voluntários de Famalicão celebram os seus 130 anos com um vídeo promocional alusivo ao passado da corporação que inclui a participação do jogador do FC Famalicão, Fábio Martins.

O vídeo apresentado no Facebook mostra o atleta do Famalicão a vestir a farda de bombeiros enquanto são mencionados os feitos mais marcantes da organização.

Os 130 anos serão festejados a 06 de maio e até lá estão previstas várias atividades comemorativas.

 

Continuar a ler

Ave

Cidade americana reproduz “Sofá Amarelo” de Famalicão

Fort Collins, no Colorado

em

Foto: CM-Famalicão / Divulgação

O “Sofá Amarelo” da cidadania de Famalicão inspirou os americanos de Fort Collins, no Colorado, a elaborar um projeto semelhante onde se convidam os cidadãos a escrever num pedaço de lousa as suas sugestões com melhoramentos para o meio ambiente, como resposta às alterações climáticas.

Foto: CM Famalicão / Divulgação

Este “Sofá” foi apresentado pela primeira vez no Festival Famalicão Visão’25 visando mobilizar a população e inclui-la no debate sobre o futuro do ambiente.

A interação entre Famalicão e Fort Collins foi iniciada no âmbito do Programa Internacional de Cooperação Urbana da Comissão Europeia e promove a troca de conhecimento e experiências entre as duas localizações.

Continuar a ler

Populares