Seguir o O MINHO

Actual

Metalogalva exclui violação da segurança no trabalho em acidente industrial na Trofa

Feridos “encontram-se já em casa em repouso”

em

A Metalogalva excluiu hoje qualquer violação das regras de segurança no trabalho no acidente que na quinta-feira causou dois feridos graves e um ligeiro após queda de uma estrutura metálica na sua fábrica na Trofa.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a empresa, que na sua página na Internet refere desenvolver “a sua atividade no projeto e fabrico de estruturas metálicas”, informou as condições em que ocorreu, cerca das 7:40, o acidente nas suas instalações em Maganha, Santiago do Bougado.

“A administração lamenta o sucedido no referido acidente, esclarecendo que foram três os colaboradores atingidos acidentalmente por uma estrutura metálica (…). Mais refere que do acidente em questão não resultou de qualquer ação laboral ou em exercícios de funções dos envolvidos, excluindo-se qualquer violação das regras de segurança no trabalho”.

Contactada pela Lusa, a assessoria da empresa indicou “que os trabalhadores, no momento do acidente, ainda não haviam entrado ao serviço”, pois só “começavam a trabalhar às 08:00”, mas confirmou que estes “já se encontravam dentro da unidade de produção” onde ocorreu o acidente.

Assistido no local pelos Bombeiros da Trofa, os dois casos mais graves foram encaminhados para o Hospital São João, no Porto, e para a unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave de onde, segundo a empresa, “tiveram alta hospitalar no mesmo dia (28 de março)”.

“Os três encontram-se já em casa em repouso”, acrescenta a comunicação da Metalogalva.

Populares