Seguir o O MINHO

Ave

Menino de Fafe com doença rara partiu hoje para a Tailândia para tratamento inovador

Escoltado por motards até ao aeroporto após onda solidária que permitiu angariar 40 mil euros

em

Foto: Fareja TV

Brian, criança de Fafe que padece de uma doença rara que o impede de andar e falar, já esta a caminho da Tailândia onde será submetido a um tratamento inovador com células estaminais. Em 2020, a família tinha pedido ajuda para angariar os 40 mil euros necessários, algo que terá conseguido atingir com sucesso ao longo do último ano.

A criança de quatro anos sofre de ataxia cerebelar congénita, que lhe foi diagnosticada aos dois anos. “E ainda está em estudo, porque não sabem o que está a causar a ataxia.

Este domingo, Brian e a mãe foram escoltados pelo grupo motard de Fafe, Asfalto Friends, até ao aeroporto do Porto. O momento foi acompanhado pelo órgão local Fareja TV.

Os médicos dizem que o problema não é muscular, que é o cérebro que não está a enviar informação, mas os exames não revelam nada”, explicou, na altura, a O MINHO, a mãe do menino, Elisabete Serra.

Brian não fala, não anda e usa fralda. Faz terapia em Braga. O tratamento na Tailândia “é uma esperança” para melhorar a qualidade de vida de Brian, sublinha a mãe, explicando que este consiste em “substituir as células que não estão a funcionar”.

Elisabete Serra deu o exemplo de sucesso de outra criança portuguesa que sofre de paralisia e que, através deste tratamento, obteve melhorias significativas.

Populares