Seguir o O MINHO

Alto Minho

Melgaço homenageia Rui Solheiro atribuindo o seu nome a centro de estágios

em

A Câmara Municipal anunciou que vai homenagear o ex-autarca Rui Solheiro atribuindo o seu nome ao Centro de Estágios por considerar que foi um “autarca sério e a sério”, que “deixou a sua marca na sua terra”.

Em comunicado aquela autarquia do Alto Minho adiantou que a homenagem, a realizar, na sexta-feira, surge na sequência de uma proposta da Assembleia Municipal, aprovada por unanimidade, com vista ao “reconhecimento do trabalho feito pelo autarca, que liderou os destinos do concelho entre 1983 e 2013”.

Bancário de profissão, casado, pai de três filhos e com 61 anos de idade, António Rui Esteves Solheiro entrou na Câmara de Melgaço, município mais a norte do país, em 1979, tendo começado por cumprir um mandato da oposição ao executivo, então liderado pela Aliança Democrática.

Em dezembro de 1982 liderou a lista do PS e foi eleito presidente da Câmara, vitória que viria a repetir em todos as autárquicas realizadas desde então, alcançando sempre maiorias absolutas. Não se recandidatou em 2013 por ter atingido o limite de mandatos.

Natural e residente em Prado, presidiu ainda à Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho e à Associação Nacional de Autarcas do Partido Socialista (ANAPS) desde 2009 e 2006, respetivamente.

O ex- vice-presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), é atualmente secretário-geral desta entidade.

A homenagem, decidida pelo atual executivo e pela Assembleia Municipal, está marcada para, sexta-feira, às 11:00, e além de uma sessão solene, inclui o descerramento de uma placa no Centro de Estágios de Melgaço – Complexo desportivo e de lazer Comendador Rui Solheiro.

Em junho de 2013, em Elvas, no Dia de Portugal, de Camões e das comunidades portuguesas, Rui Solheiro foi condecorado pelo Presidente da República com a Ordem de Mérito Civil de Comendador, atribuída “em reconhecimento dos atos e serviços prestados no exercício de funções públicas, revelando abnegação em favor da coletividade”.

Após aquela distinção, também a Assembleia Municipal aprovou, por unanimidade, um voto de louvor ao ex-autarca, “enaltecendo os atos e serviços meritórios praticados ao longo dos 33 anos de exercício abnegado de funções públicas, confirmando a grandeza da sua personalidade”.

Já antes, em 2007, quando completou 25 anos como presidente daquela autarquia, Rui Solheiro foi homenageado num almoçou que reuniu cerca de 750 pessoas, e que contou com uma comissão de honra que integrou figuras como Mário Soares, José Sócrates, António Guterres, Jorge Coelho.

A mesma comissão integra também todos os presidentes de Câmara do Alto Minho, à exceção do de Viana do Castelo, Defensor Moura (PS), que sempre manteve um profundo distanciamento em relação à linha política traçada por Rui Solheiro, líder da Federação Distrital socialista desde 1993 e até 2010.

Inaugurado em 2001, o centro de estágios que agora recebe o nome do ex-autarca é uma infraestrutura preparada para receber atletas de diversas modalidades e de todos os níveis de competição, “constituindo uma das grandes apostas do município no chamado turismo desportivo”.

Populares