Seguir o O MINHO

em

O vento forte derrubou hoje o “teto falso” da cobertura exterior de um posto de abastecimento de combustíveis em Esposende, danificando duas viaturas que estavam a abastecer, disse fonte dos bombeiros.


Segundo a fonte, o incidente, registado pelas 11:00, no posto da Repsol, na cidade, não provocou quaisquer feridos.

O “teto falso”, essencialmente em chapa, danificou ainda as “bombas” de abastecimento de combustíveis, pelo que o posto está encerrado.

Portugal continental está a ser afetado pelos efeitos da depressão “Helena”, centrada a noroeste do golfo de Biscaia, Espanha.

Esta depressão vai afetar Portugal Continental em particular no que respeita ao vento e à agitação marítima na costa ocidental.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa e Setúbal vão estar entre as 12:00 e as 21:00 de hoje sob aviso vermelho devido à previsão de agitação marítima.

Além do vermelho para a agitação marítima, o IPMA emitiu avisos laranja e amarelo para hoje e sábado de vento para todos os distritos de Portugal continental, exceto Évora, e de neve para Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Aveiro e Coimbra.

Para hoje está previsto vento forte de noroeste, com rajadas até 75/85 km/h no litoral, que deverão atingir valores da ordem de 110 km/h a norte do cabo Mondego e nas terras altas do Minho e Douro litoral e da região Centro.

Anúncio

Cávado

BE e PAN questionam governo sobre Ponte de Fão, em Esposende

Política

em

Foto: DR

O PAN e o Bloco de Esquerda (BE) questionaram o governo sobre o estado de conservação da Ponte D. Luís Filipe, mais conhecida como Ponte de Fão, em Esposende.

O Bloco quer que “o Ministério das Infraestruturas e Habitação divulgue os resultados das inspeções recentes feitas à ponte e indique data prevista para início das obras de conservação e reparação”.

No documento entregue na Assembleia da República, os deputados eleitos por Braga, José Maria Cardoso e Alexandra Vieira, afirmam que “a referida ponte tem vindo a ser alvo de várias denúncias por motivos de degradação acentuada da estrutura e que podem colocar em causa a segurança das pessoas que utilizam a via pedonal que liga Esposende a Fão”.

“Torna-se imperioso que seja alvo de intervenção”

O PAN também solicita “o relatório da última inspeção feita à ponte, assim como a calendarização das ações previstas para a realização de uma necessária intervenção”.

“Atendendo ao número elevado de pessoas e veículos que, diariamente, circulam na ponte e a perigosidade do atual estado de conservação, torna-se imperioso que a referida ponte seja alvo, o mais rapidamente possível, de uma intervenção, garantindo assim a segurança de todos”, defende Bebiana Cunha, deputada do PAN na Assembleia da República.

Associação de cidadãos pede “fecho imediato” da ponte de Fão, em Esposende

Este assunto chega à Assembleia da República depois de a Associação Cidadãos de Esposende ter pedido o fecho da passagem pedonal, denunciando a existência de “vários pontos que apresentam fissuras e que a corrosão é tão acentuada que existem buracos com abertura direta para o rio”.

Em comunicado, a Associação Cidadãos de Esposende disse que esta situação esteve em discussão na última reunião do executivo municipal, tendo o presidente esclarecido que tem enviado ofícios à Infraestruturas de Portugal, não podendo fazer mais do que isso.

A Ponte de Fão é uma infraestrutura com 268 metros, construída em treliça de ferro fundido.

A via inaugurada em agosto de 1892 faz parte da Estrada Nacional 13 e atravessa o Rio Cávado.

Foi classificada como Imóvel de Interesse Público através do Decreto do Governo n.º 1/86, de 3 de janeiro, por ser um exemplar da arquitetura do ferro único no concelho.

Continuar a ler

Cávado

Morreu o condutor que colidiu em contramão na A28 em Esposende

Óbito

em

Foto: Sara Belo no grupo "Operação Stop - Viana do Castelo"

O homem de 77 anos que seguia em contramão na A28 quando sofreu um acidente perdeu a vida no Hospital de São João, no Porto, disse a O MINHO fonte hospitalar.

A vítima, residente em Famalicão, tinha sofrido vários traumatismos e encontrava-se em estado crítico desde a passada sexta-feira, quando a viatura onde seguia colidiu de frente com outro automóvel, na zona de Apúlia.

Para além do septuagenário, também um homem de 31 anos sofreu ferimentos graves, depois de ser atingido pelo veículo da vítima mortal, mas encontra-se estável.

Carro em contra-mão provocou dois feridos graves na A28

Ao que apuramos na altura do acidente, o homem seguia na autoestrada, no sentido Norte-Sul, no sentido inverso, desconhecendo-se os motivos para tal, estando ainda a GNR a investigar se o homem entrou erradamente ou se deu a volta na própria faixa.

O acidente provocou o corte da A28, sentido Viana-Porto, entre as 16:30 e as 18:00 horas. Do sinistro resultaram outras três vítimas com ferimentos considerados “ligeiros”.

Para o local foram acionadas equipas dos Bombeiros Voluntários de Fão, de Esposende, a ambulância de Suporte Imediato de Vida de Vila do Conde e ainda a Viatura Médica de Emergência Médica de Barcelos.

Continuar a ler

Cávado

A28 cortada no sentido Viana-Porto após grave acidente em Esposende

Acidente

em

Foto: Redes sociais

A A28 esteve cortada ao trânsito no sentido Viana-Porto, na zona de Fão, em Esposende, depois de uma colisão grave entre duas viaturas que provocou cinco feridos, dois deles em estado grave.

Foto: Redes sociais

Foto: Redes sociais

De acordo com fonte do CDOS, do sinistro, que envolveu duas viaturas, resultaram dois feridos graves e três ligeiros.

No local estiveram os Bombeiros de Fão, Bombeiros de Esposende, SIV de Vila do Conde e a VMER de Barcelos.

O trânsito esteve cortado durante cerca de hora e meia. Pelas 18:29, já foi reaberta uma das faixas de rodagem da via Norte-Sul.

O alerta foi dado às 16:47.

A GNR registou a ocorrência.

(notícia atualizada às 18h31 com mais informação)

Continuar a ler

Populares