Seguir o O MINHO

Região

Mau tempo: Barras de Caminha, Âncora e Esposende fechadas devido à agitação marítima

Clima

em

Foto: DR / Arquivo

Nove barras de Portugal continental estão hoje fechadas à navegação e outras quatro condicionadas devido à previsão de agitação marítima forte, segundo a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

As barras marítimas de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Aveiro, Figueira da Foz, S. Martinho do Porto e Ericeira estão fechadas a toda a navegação.

De acordo com a AMN, as barras marítimas de Viana do Castelo, Leixões, Douro e Lagos estão condicionadas.

Por causa da agitação marítima, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso laranja toda a costa portuguesa (Viana do castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro) até às 09:00 de hoje, passando depois a aviso amarelo até às 00:00 de sábado.

Estão previstas ondas de noroeste com 5 a 7 metros, podendo atingir 14 metros de altura máxima.

Também a costa norte da Madeira está sob aviso laranja até às 12:00 de hoje, passando depois a amarelo até às 06:00 de sábado por causa da agitação marítima forte, prevendo-se ondas de norte com 5 a 6 metros podendo atingir 10 metros de altura máxima.

A Madeira está ainda sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte com rajadas até 80 quilómetros por hora entre as 23:38 de hoje e as 03:00 de sábado.

O aviso laranja, o terceiro numa escala de quatro, aplica-se a situações meteorológicas de risco moderado a elevado, enquanto o aviso amarelo traduz situações de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Anúncio

Guimarães

Mulher de 81 anos atropelada no centro de Guimarães

Na Alameda Alfredo Pimenta

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Uma mulher de 81 anos foi vítima de um atropelamento, no centro da cidade de Guimarães, , esta quinta-feira,  disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

O acidente aconteceu na Alameda Dr. Alfredo Pimenta, por volta das 11:00 da manhã. Em resultado, um carro-patrulha da PSP e uma ambulância foram mobilizados para o local.

A vítima foi de imediato transportada para o hospital pelos Bombeiros de Guimarães com ferimentos considerados ligeiros.

Continuar a ler

Famalicão

Investimento de 3 milhões em novo hotel com assistência médica incluída em Famalicão

Ocupará uma área aproximada de 33 mil metros quadrados

em

Foto: Divulgação / CM Famalicão

É já no próximo ano de 2020 que uma nova unidade hoteleira nasce na freguesia rural de Gondifelos, em Famalicão, com a particularidade de ser um hotel assistencial, anunciou esta quinta-feira a autarquia.

O hotel Campus de Fiães – assim será baptizado – ocupará uma área aproximada de 33 mil metros quadrados divididos por um edifício principal (com cerca de dois mil metros quadrados) e dez casas autónomas, implementadas numa zona verde ao redor do edifício principal.

Em comunicado, a Câmara de Famalicão indica que este novo espaço alia “ao conforto do alojamento a vertente assistencial especializada em áreas como a enfermagem, fisioterapia, psicologia entre outras especialidades médicas”.

O projeto será apresentado nesta sexta-feira, no café concerto da Casa das Artes e é parcialmente financiado pelo Turismo de Portugal.

Continuar a ler

Braga

Já abriu a Mercadona de Braga

1.900 metros quadrados e 165 lugares de estacionamento

em

Foto

Abriu esta quinta-feira a nova loja da Mercadona em Braga, a segundo do distrito. Com 1.900 metros quadrados e 165 lugares de estacionamento, o novo espaço foi inaugurado com a presença do presidente da câmara, Ricardo Rio, e com a presidente da junta de Nogueira, Fraião e Lamaçães, Goreti Machado.

Edifício da Mercadona, em Lamaçães. Foto: Divulgação

Situada na Avenida Doutor António Palha, em Lamaçães, esta loja conta com 85 trabalhadores e é a última abertura da cadeia de lojas espanhola para este ano.

Em comunicado, a empresa refere que “2019 fica marcado na história da Mercadona pela concretização da sua internacionalização em Portugal, a primeira da empresa”, com dez supermercados nos distritos de Porto, Aveiro e Braga, além do Bloco Logístico na Póvoa de Varzim, o Centro de Coinovação em Matosinhos e os escritórios no Porto e em Lisboa.

“Em 2020, a empresa dará continuidade ao seu projeto de expansão mantendo-se na zona Norte do país e com a previsão de abertura de mais dez novas lojas ao longo do ano.

Executivo da Câmara Municipal de Braga e da Junta de Freguesia de Nogueira, Fraião e Lamaçães, junto da equipa da Mercadona. Foto: Divulgação

Ricardo Rio, edil de Braga, salienta o “investimento estratégico” que permite criação de emprego no concelho: “É um projeto que prezamos e que recebemos de braços abertos”.

“Esta é mais uma prova do dinamismo e do enorme potencial de crescimento que Braga apresenta, ao afirmar-se como uma cidade estratégica para novos investimentos também neste setor. Nesse sentido, acolher esta unidade de referência nacional e internacional é também um tributo a Braga”, acrescentou.

Executivo da Câmara Municipal de Braga e da Junta de Freguesia de Nogueira, Fraião e Lamaçães, junto da equipa da Mercadona. Foto: Divulgação

Inês Santos, diretora regional de Relações Externas da Mercadona Portugal, deixou elogios à cidade: “Braga é uma cidade dinâmica e em crescimento, onde a Mercadona quis estar desde o princípio. Esta loja, em Lamaçães, torna-se também especial por ser a décima que abrimos em Portugal”.

De acordo com a marca espanhola, são já mais de 1.100 trabalhadores portugueses a laborar para a Mercadona.

Sobre a loja de Braga

Este supermercado responde ao Modelo de Loja Eficiente que a empresa está a implementar em toda a rede e conta com uma superfície de vendas de 1.900 metros quadrados e 165 lugares de estacionamento, com um horário de funcionamento das 9:00 às 21:30, de segunda-feira a domingo.

Clientes na secção da peixaria da Mercadona de Lamaçães, Braga. Foto: Divulgação

Este modelo de loja destaca-se também pelo seu Pronto a Comer, que em Portugal apresenta 35 opções de pratos recém-cozinhados que os clientes podem levar para casa ou comer na própria loja, numa zona de refeições exclusiva para o efeito. Além destes 35 pratos, a Mercadona oferece 205 pratos preparados como a tortilha de batata, as asinhas de frango, o risoto de cogumelos, etc.

Características da loja e suas secções

A nova loja caracteriza-se por ter corredores amplos e confortáveis, dispõe de uma entrada de vidro duplo que evita correntes de ar, lineares específicos de leite fresco e sumos refrigerados, mural de sushi, um ponto de corte final da carne onde os chefes (como internamente a empresa chama aos seus clientes), podem solicitar um corte específico, uma charcutaria com presunto ibérico cortado à faca, uma ilha central na perfumaria para maquilhagem e uma máquina de sumo de laranja espremido na hora.

Existem ainda dois corredores amplos de frutas e legumes, e dois modelos de carrinhos, ergonómicos e leves, que não precisam de moeda.

Continuar a ler

Populares