Seguir o O MINHO

Cávado

MAS quer que o rio Cávado em Barcelos deixe de “servir de esgoto a capitalistas”

Eleições autárquicas 2021

em

Foto: DR

O candidato do Movimento Alternativa Socialista (MAS) à Câmara de Barcelos, Vasco Santos, considerou esta quarta-feira que o rio Cávado, “um dos maiores valores” do concelho de Barcelos”, serve atualmente como “esgoto a capitalistas sem escrúpulos”, e desafiou o PSD e o PS a investirem naquele curso de água em vez de “dar dinheiro” à Água de Barcelos.

Em comunicado, o também ativista de esquerda diz que a água em Barcelos será gerida “por um fundo abutre de capitais de risco” e que “uma ínfima parte do dinheiro que o PSD e o PS vão entregar à empresa Águas de Barcelos dava para um investimento sério no rio Cávado”.

O candidato considera que essa ação permitira “criar postos de trabalho” para “manutenção e limpeza do rio e margens”, para “fiscalizar as descargas e outros atentados ambientais”.

Vasco Santos acha que o investimento no rio Cávado permite ainda criar “praias com acessibilidade e verdadeiras condições para usufruir plenamente delas, e principalmente um espaço nobre como é o rio no seu todo, com um ecossistema saudável, cuidado e valorizado como é essencial”.

Segundo o MAS, é fundamental “devolver, de facto, o rio à população, e também às suas espécies autóctones”.

Populares