Marinha vigiou navio russo que passou ao largo de Caminha

Foto: Marinha Portuguesa

A Marinha Portuguesa anunciou hoje que monitorizou um navio reabastecedor da Rússia Vice Admiral Paromov, que passou ao largo de Caminha.

A ação foi realizada através dos navios NRP Viana do Castelo e NRP Orion, tendo iniciado em 10 de maio, quando a embarcação entrou na Zona Económica Exclusiva portuguesa, em Caminha, e decorreu até 12 de maio.

“Os navios da Marinha atuaram em complemento à ação de monitorização permanente efetuada pelo Centro de Operações Marítimas. A Marinha garante uma vigilância ativa e continua das áreas sobre soberania ou jurisdição nacional, garantindo a segurança dos espaços marítimos nacionais e contribuindo para a defesa coletiva no quadro da Aliança Atlântica”, refere a instituição, em comunicado, citado pelo Notícias ao Minuto.

E acrescenta que “continuará a monitorizar e a acompanhar a passagem deste tipo de navios, efetuando a patrulha permanente dos espaços marítimos sob soberania ou jurisdição nacional de modo a garantir que não são realizadas quaisquer atividades lesivas para o país e a promover e proteger os interesses de Portugal no e através do mar”.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Ukra disse 'adeus' ao futebol

Próximo Artigo

Braga entre as comarcas que estudam a autonomia orçamental

Artigos Relacionados
x