Seguir o O MINHO

Ave

Marcha Gualteriana encerrou festas da cidade de Guimarães

em

As festas vimaranenses terminaram, na passada segunda-feira, com a realização do desfile da Marcha Gualteriana, uma iniciativa que contou, este ano, com a presença de nove carros alegóricos e duas centenas de figurantes.

Em comunicado, o município de Guimarães afirmou que foram milhares as pessoas que, desde o final da tarde de segunda-feira, ocuparam as ruas do centro de Guimarães enquanto aguardavam pela saída do cortejo, às 23h00.

O restauro do monumental órgão de tubos da Igreja da Oliveira, com 2 mil e 229 tubos, preencheu toda a fachada de uma obra de arte que abriu o cortejo e que arrebatou os primeiros aplausos de um carro dedicado aos vimaranenses e a quem visita Guimarães.

“Tem uma marca artística que merecia ser preservada. Obrigado a todos os obreiros”, afirmou Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães, que projetou já a edição do próximo ano das Festas Gualterianas.

“O que é mais tradicional desenvolver-se-á na parte envolvente à Igreja de Santos Passos. O que é mais contemporâneo, a marca de inovação do nosso tempo, decorrerá na ligação entre o Largo República do Brasil e a Alameda de S. Dâmaso”, referiu o edil.

Marcha Gualteriana encerrou festas da cidade de Guimaraes 1

Intercalados por números humorísticos que retratam a sociedade local e nacional, o desfile da Marcha ganhou um novo brilho com o “Mundo Lusófono”, um carro que assinalou as duas décadas da CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Hoje, 240 milhões de pessoas falam a língua de Camões, a quarta mais representada no ‎mundo.

“Estamos muito satisfeitos por termos cumprido a nossa missão! Foram meses de trabalho e horas de dedicação! Os aplausos desta noite são o reconhecimento da nossa paixão a esta causa”, disse José Pontes, presidente da Associação Artística da Marcha Gualteriana.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Guimarães. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares