Marcelo salienta que missão militar portuguesa na Roménia visa prevenir e defender a paz

Guerra

O Presidente da República afirmou que a força militar portuguesa que hoje partiu para a Roménia vai prevenir e defender a paz no leste da Europa e adiantou que o primeiro-ministro a visitará dentro de um mês.

Marcelo Rebelo de Sousa assumiu esta posição na cerimónia de partida dos 222 militares portugueses da força nacional que participará numa missão de dissuasão e de defesa da NATO, no aeroporto de Figo Maduro, em Lisboa.

Uma cerimónia que contou com a presença da ministra da Defesa, Helena Carreiras, do chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, almirante António Silva Ribeiro, e dos chefes do Estado-Maior do Exército, Armada e Força Aérea.

Num breve discurso, Marcelo Rebelo de Sousa, Comandante Supremo das Forças Armadas, salientou a importância desta missão da NATO que esta força militar destacada vai cumprir na Roménia no contexto da guerra na Ucrânia.

“É uma missão já prevista e agora consolidada, projetada e reforçada num país amigo, aliado – a Roménia – no quadro de uma aliança defensiva e não ofensiva. Uma aliança que não ataca, que está preparada para prevenir, preservar e defender a paz. É essa também a vossa missão”, sustentou o Presidente da República.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Galp começa hoje a cobrar mais por eletricidade e gás natural às famílias

Próximo Artigo

Misses Viana do Castelo e Braga no pódio do concurso Miss Queen Portugal

Artigos Relacionados
x