Seguir o O MINHO

País

Marcelo pede Governo com “horizonte até 2026” porque miniciclos seria “perder oportunidade”

Legislativas

em

Foto: DR / Arquivo

O Presidente da República apelou hoje a que das eleições de 30 de janeiro saia um Governo “com horizonte até 2026”, avisando que miniciclos políticos significariam “perder uma oportunidade”, sobretudo na reconstrução económica e social do país.

No encerramento do 8.º Encontro Anual do Conselho da Diáspora Portuguesa, que decorreu no Palácio da Cidadela, em Cascais, Marcelo Rebelo de Sousa destacou o facto de as eleições legislativas antecipadas acontecerem num momento decisivo das escolhas que o país tem de fazer sobre os fundos comunitários.

“Os portugueses têm agora a oportunidade, daqui até 30 de janeiro, de ponderar em conjunto as escolhas, quer no que respeito ao pós pandemia, quer no que respeita à gestão económica e social, tendo presente que o esforço que vai ser exigido é um esforço de fôlego, não pode ser um esforço traduzido em miniciclos”, afirmou.

Para o chefe de Estado, esse cenário de curtos ciclos políticos significaria “perder a oportunidade, quer na gestão do que resta da pandemia, quer sobretudo de reconstrução económica, seria perder uma oportunidade”

“De alguma maneira, as eleições permitem um horizonte até 2026”, frisou, referindo-se à duração normal de uma legislatura, quatro anos.

EM FOCO

Populares