Seguir o O MINHO

País

Marcelo “associa-se” aos artistas de circo e espera que voltem aos espetáculos

Arte

em

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, assinalou hoje o Dia Mundial do Circo, reconhecendo “todas as dificuldades” dos artistas deste setor e mostrando-se esperançoso que possam voltar aos espetáculos “em breve”.

“O Presidente da República associa-se a todos os trabalhadores, empresas e artistas de circo, com a esperança de que seja possível o regresso dos espetáculos depois de uma paragem forçada no ano passado, já longa, e que tanto tem desafiado as famílias ligadas a esta atividade”, lê-se numa nota publicada no ‘site’ da Presidência.

Na mesma nota, o chefe de Estado sublinha estar “consciente de todas as dificuldades” do setor.

“Neste dia de comemoração o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa destaca as artes circenses como património cultural e afetivo do nosso país, e deseja que os circos portugueses possam em breve voltar ao contacto com o público que tanto os acarinha”, refere igualmente.

Os circos tiveram que suspender atividade devido às regras de confinamento impostas para travar a pandemia de covid-19, sendo que a partir de segunda-feira cinemas, teatros, auditórios e salas de espetáculos vão poder reabrir na generalidade dos concelhos (à exceção de dez que não passam à terceira fase de desconfinamento).

Populares