Seguir o O MINHO

Braga

Manuel Moreira confirma recandidatura pelo PSD à Câmara de Amares

Eleições autárquicas 2021

em

Foto: DR / Arquivo

Manuel Moreira concorre pelo PSD ao terceiro mandato na presidência da Câmara de Amares com o objetivo de “continuar a trabalhar para dar resposta” aos problemas no concelho, disse hoje à Lusa.

Segundo autarca, o final do mandato fica “fortemente marcado” pelo combate à pandemia causada pelo novo coronavírus que “condicionou e muito” a ação da autarquia em 2020 e 2021.

No terceiro mandato, “caso seja eleito”, Manuel Moreira quer “terminar o que ficou por fazer” nos mandatos anteriores.

“O meu objetivo é continuar a trabalhar para dar resposta à população e aos problemas no nosso concelho. Houve projetos que por força das circunstâncias não foram terminados e pretendo dar-lhes seguimentos”, disse.

Entre esses projetos, apontou, “está a revitalização do Monte de S. Pedro Fins, o arranjo urbanístico da freguesia de Amares e a Praia Fluvial da Lomba e a continuação da rede de saneamento”, disse, afirmando que “são projetos essenciais” para Amares.

O autarca salientou que a pandemia de covid-19 “condicionou e muito” o final do mandato que se aproxima com as eleições autárquicas.

“Espero que o próximo mandato seja já livre de covid-19. Este ano, e em 2020, dedicamos muito do nosso esforço a combater a pandemia. A nossa prioridade foi a Saúde e ficaram outras coisas por fazer”, explicou.

Manuel Moreira apontou que “com a luta contra a pandemia” foram gastos “cerca de meio milhão de euros, um valor bastante elevado para o orçamento” municipal.

Em 2017, Manuel Moreira ganhou a autarquia pelo PSD/CDS-PP com 58,65% dos votos, elegendo cinco vereadores, contra o PS, que teve 20,4% dos votos e elegeu um vereador.

O Movimento Amares Independente e Solidário registou 14,58% dos votos, tendo elegido um vereador, e o PCP-PEV (CDU) atingiu os 2,2% de votos.

As eleições autárquicas têm de ser marcadas pelo Governo para o período entre 22 de setembro e 14 de outubro.

Em Portugal há 308 municípios (278 no continente, 19 nos Açores e 11 na Madeira), e 3.092 juntas de freguesia (2.882 no continente, 156 nos Açores e 54 na Madeira).

Populares